Estamos de Volta – Comunicação, Criatividade e Inovação #029

Por All Press Com

Depois de algumas semaninhas ausente, esse post volta a abrilhantar o seu feed e o blog da All Press. Do Pop ao Cult, do impresso ao online e do mais inovador até o ainda mais inovador… As notícias que você não pode ficar sem saber estão aqui!

 

Tempo estimado de leitura: 6 minutos

 

1. Conteúdo: Do pop ao cult, o que pode servir para inspirar o seu trabalho – ou só espairecer mesmo.

  • Prêmio Multishow: A edição desse ano era para comemorar os 25 anos de premiação. Teve uma homenagem da Anitta a esse aniversário, um beijo entre a cantora e um membro da Atitude 67 (uma banda, caso você, assim como eu há cinco minutos, não saiba), uma BAITA apresentação da Iza – com toda a veia gospel da cantora -, a Pabllo Vittar cantando Problema Seu vestida de anjo e gritando #EleNão ao final, Kevinho apresentando uma versão anos 50 de hits do funk e uma performance das lendas vivas que são os Tribalistas.
  • Literatura de Cordel: Tornou-se patrimônio cultural do Brasil.
  • Portal da Crônica Brasileira: Instituto Moreira Salles e Casa de Rui Barbosa se uniram para formar esse site que traz textos dos principais cronistas do Brasil.
  • Disney Play: Prioridade para a empresa, o serviço de streaming vai trazer séries ligadas ao universo Marvel do Loki e da Feiticeira Escarlate. Orçamento será comparável ao de grandes filmes.
  • Globo Play: Streaming é importantíssimo para a Globo também, que planeja estrear 100 novos títulos até o fim do ano. Serão três tipos de conteúdo, basicamente: Filmes e/ou séries estrangeiros, séries da TV Globo que serão replicadas nessa plataforma e conteúdo exclusivo para o Play.  
  • Emmy 2018: Game of Thrones (melhor série do ano) e The marvelous mrs. Maisel (5 estatuetas) foram as principais ganhadoras. Netflix (gigante do streaming) e HBO (grife de séries) terminaram com 6 prêmios cada, enquanto FX e Amazon empataram com cinco.
  • Prêmio Bibi Ferreira: No mais importante prêmio brasileiro de teatro musical (gênero que cada vez mais cresce e ganha dinheiro), Cantando na Chuva, produzido pela Raia Produções, levou seis troféus e Claudia Raia ganhou o de melhor atriz coadjuvante.
  • Paul: Sir McCartney, depois de 36 anos, volta a liderar os mais vendidos dos EUA com seu álbum Egypt Station. Ao contrário da tendência, a gigante maioria das vendas ocorreram de modo tradicional, sem ser via streaming ou download de faixas individuais.
  • Funk: Falando em música, Bum Bum Tam Tam, de MC Fioti, é o primeiro clipe brasileiro a ter 1 bilhão de visualizações.
  • Vó X Vizinha: Uma thread do Twitter do ano passado sobre a rivalidade entre a avó do usuário e sua vizinha vai virar uma série da Globo por Miguel Fallabella e Glória Perez. Sério.
  • Turma da Mônica: Foi feita uma história em homenagem ao Museu Nacional, o qual foi atingido por um incêndio que resultou numa tragédia sem precedentes para o patrimônio histórico e cultural brasileiro. A história está TODA aqui. Vale, pelo menos, a leitura.

 

2. Games: A Telltale Games, responsável por jogos como The Walking Dead e The Wolf Among Us, demitiu quase toda a equipe e está próxima de pedir falência. É uma pena. A empresa foi responsável por mudar o storytelling dentro da indústria.

 

++ Ah, a nostalgia. A Sony anunciou o lançamento do PlayStation Classic, que é uma versão comemorativa dos 25 anos do PS1.  Ele vai sair em versão mini e com 20 jogos na memória. Importante dizer que a Nintendo já havia relançado o Super Nintendo.

 

++ Angry Birds ganha versão em realidade aumentada.

 

3. Redes, Apps e Techs:

 

 

 

4. Time: Uma das mais tradicionais revistas do mundo, a Time foi vendida por 190 milhões de dólares para Marc Benioff, presidente e um dos fundadores da empresa de tecnologia Salesforce. Outras revistas, como a Fortune, Money e a Sports Illustrated podem ser as próximas a serem vendidas pelo grupo de mídia Meredith, que passará a focar em produtos voltados ao público feminino. Esse preço de venda é um claro sinal da crise financeira do Jornalismo –  e que ninguém mais lê impresso. Isso porque, há oito meses, a Time Inc. havia sido comprada por 2,8 bilhões de dólares.

 

++ The Village Voice, principal jornal alternativo de Nova York, fechou as portas. Resta apenas uma equipe para digitalizar o arquivo.

 

 

+++ Nove eletrônicos e serviços de sucesso que foram substituídos com o tempo.

+++ Universal Music Brasil promoveu encontro que uniu música, marketing e tecnologia.

+++ Arte ajuda jovem a lidar com doença vinda do uso excessivo de computador.