Inflação do mês na Capital foi menos da metade da registrada no mesmo período do ano passado

A Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF) divulga nesta terça-feira (7), o Índice de Custo de Vida na Capital em janeiro: 0,52%. Os dados para o índice do mês foram coletados entre 1º e 31 de janeiro de 2017.

Os números do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) mostram que o resultado foi 0,69 ponto percentual inferior ao do mesmo período em 2016 (que registrou 1,21%). Em comparação a dezembro de 2016 também houve redução de 0,05 ponto percentual – alta de 0,57%. A variação acumulada dos últimos doze meses é de 6,37%.

O resultado foi influenciado pela variação no grupo Alimentação (-0,31%), com queda de preços nos três subgrupos: Produtos Industrializados (-0,31%), de Elaboração Primária (-0,08%) e Hortifrutigranjeiros (-1,22%).

Os demais grupos registraram alta: Produtos Não-Alimentares (0,11%), Outros Serviços (3,12%, impactado pelo reajuste de 11,51% nas mensalidades escolares) e Serviços Públicos (8,07%, influenciado pelo aumento de quase 12% nas passagens do transporte coletivo).

Confira o relatório mensal e a série histórica do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Capital na página do Custo de Vida, no portal da Udesc Esag.

Sobre o índice

O Custo de Vida de Florianópolis é calculado desde 1968 pela Udesc Esag, em trabalho coordenado pelo administrador Hercílio Fernandes Neto, egresso da instituição. Reflete a variação de preços incidentes sobre os orçamentos das famílias da Capital, com base na comparação de preços de 319 itens. A relevância de cada produto para o cálculo do índice foi definida por meio de uma pesquisa de orçamento familiar, também realizada pela Udesc Esag.

Contato para entrevistas

Assessoria de Comunicação da Udesc Esag
Gustavo Cabral Vaz
48 3664.8281 / 9161.9002

Sobre All Press Comunicação

Assessoria de imprensa e comunicação com quase 15 anos de atuação no mercado, com sede em Florianópolis, Santa Catarina.

Em iniciativa pioneira entre as associações comerciais do país, Política de Compliance vai orientar e disciplinar as relações de membros da entidade entre parceiros, fornecedores e outros públicos de interesse.

A necessidade de pautar as decisões diárias por padrões éticos e contribuir para a construção de um ambiente íntegro e de respeito ao bem-estar coletivo fez com que a Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF) elaborasse um documento pioneiro entre as associações comercias do país: o Programa de Compliance da ACIF. A iniciativa pretende orientar as relações da entidade – e de seus colaboradores, conselheiros e diretores – com os seus públicos e com o ambiente social e institucional que a cerca. Versões online e impressas estão à disposição para consulta pública desde o mês de dezembro.

Para o presidente da ACIF, Sander DeMira, em um momento em que a sociedade pede posturas corretas e carece de bons exemplos, este é um importante passo da entidade, que mostra seu apreço por relações transparentes, honestas e sólidas. “A ACIF tem, em sua história centenária, um firme compromisso com a legalidade, com a justiça e com a ética. E, no tempo de nos prepararmos para os próximos 100 anos, decidimos reafirmar nossa filosofia e reunir as orientações sobre o tema em um documento único. Que possamos estabelecer um padrão modelo e catalisador de movimentos semelhantes em outras entidades e nas empresas associadas”, destaca.

O Programa de Compliance será aplicado aos membros dos órgãos da administração e a todos os colaboradores da entidade, independentemente do nível hierárquico, além de todos que possam interferir ou influenciar nas atividades da Associação ou serem afetados pela entidade. Reúne orientações que buscam nortear condutas em processos e iniciativas junto aos associados, parceiros, fornecedores, sistema confederativo, comunidade empresarial, sociedade, aos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e Ministério Público, partidos políticos, meios de comunicação e formadores de opinião. “Somado ao Código de Ética, este guia nos ajudará a primar e valorizar ainda mais o bem-estar das pessoas e do meio-ambiente, a não-discriminação e o desenvolvimento econômico e social da nossa cidade”, completa DeMira.

As dúvidas ou denúncias de desvio de conduta podem ser feitas diretamente para o Comitê de Compliance pelo email compliance@acif.org.br, sendo assegurada a preservação de identidade. Formado por um membro do Conselho Superior, um membro da Diretoria Executiva e um membro indicado pelos colaboradores da ACIF, o Comitê será é responsável pela apuração dos casos relatados e por emitir um parecer com as medidas que considere adequadas.

Confira o Programa de Compliance da ACIF no link: http://www.acif.org.br/codigo-compliance-digital.pdf.

 

 

Os candidatos ao sexto edital do Programa de Apoio a Projetos (PAP 6) da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF) terão um importante auxilio para concorrer ao montante destinado pela entidade para a realização de inciativas em diversas áreas. No próximo dia 28 de julho, a partir das 19h30, a ACIF organiza um workshop para a elaboração de projetos com o especialista no assunto, Ricardo Falcão. O evento também marca o lançamento do PAP 6, que abre edital no dia 15 de agosto e vai ajudar a realizar iniciativas em várias áreas, como empreendedorismo, educação, cultura, geração de emprego e renda, etc.

No minicurso, o especialista vai abordar os tópicos mais importantes para a elaboração de um bom projeto e para que esteja apto a receber patrocínio ou outra forma de apoio. Também vai mostrar as possibilidades para captação de recursos, apresentando os pontos de vista do proponente e do financiador. Cada participante vai receber um exemplar do livro escrito por Falcão, “Elaboração de Projetos e sua Captação de Recursos”, e mais um exemplar da publicação “Um Viés Biocêntrico na Elaboração de Projetos”.

Sobre o palestrante
Ricardo Falcão é gerente da RFALCÃO Consultoria e Planejamento. Consultor internacional com mais de 40 anos dedicados ao gerenciamento, elaboração, avaliação de projetos, captação de recursos e financiamento na iniciativa privada, Organização das Nações Unidas, United States Agency for International Development – Governo Americano e em organizações da sociedade civil. É autor do Livro Elaboração de Projetos e sua Captação de Recursos – Editora Nova. Formado em economia, foi durante 11 anos analista para agências financiadoras internacionais. Professor de Elaboração de Projetos e a Captação de Recursos do MBA em Gestão e Produção Cultural e em Gestão Social da Universidade Candido Mendes e do MBE da Universidade Federal do Rio de Janeiro em Terceiro Setor.  A RFALCÃO Consultoria e Planejamento presta serviços de consultoria na área de elaboração, gerenciamento e avaliação de projetos, responsabilidade social, investimento social privado, planejamento estratégico e captação de recursos.

As inscrições para o workshop custam R$35,00 para associados e R$40,00 para não-associados e devem ser feitas pelo link http://bit.ly/29LfIvP. Mais informações pelo email educacao1@acif.org.br ou pelo telefone (48) 3244-5578.

O Núcleo de Escunas de Canasvieras da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF) promove durante o mês de julho uma promoção especial para as crianças. Durante as férias escolares, os pequenos de até 12 anos que estiverem acompanhados por um adulto (pagante) podem fazer gratuitamente o passeio. Com cinco hora de duração, o passeio conta com passagens pela Baía dos Golfinhos, parada em Governador Celso Ramos, visitação guiada à Fortaleza de Santa Cruz, na Ilha de Anahatomirim, e muita animação e recreação à bordo com ‘um time de piratas’.

Segundo a coordenadora do Núcleo da ACIF, Rosiane Marta de Souza, além de movimentar o turismo na região, a ação é mais uma opção de entretenimento para as crianças nas férias de julho. “É um passeio para toda família, que reúne diversão e é uma oportunidade para conhecer um pouco da história do nosso litoral contada pelas fortalezas”, destaca.

Ao todo, 11 escunas participam da promoção. São elas: Velas Negras, Barba Negra, Pirata da Ilha, Capitão Gancho, Aventura Pirata, Galeão Dourado, Capitão Morgan, Fantasia Pirata, Corsário Negra, Pirata do Caribe I e II. As saídas – uma por dia – acontecem no trapiche de Canasvieiras, todas as terças, quintas, sábados e domingos de julho, sempre às 11h com retorno às 16h. O ingresso para adultos é de R$ 78,00.

 

Roteiro:

–      11h – Saída do trapiche de Canasvieiras;

–      Parada para almoço em Governador Celso Ramos. (Valor de R$25,00 a R$28,00 por pessoa o buffet livre);

–      Passagem pela baía dos Golfinhos;

–      Parada na Ilha de Anhatomirim para visitação à Fortaleza de Santa Cruz, com visita guiada e apresentação da história da fortificação (taxa de R$8,00 por adulto e R$4,00 por criança para entrar. Estudantes com identificação pagam meia);

–      Vista panorâmica da praia de Daniela e Forte;

–      Vista panorâmica do Forte de São José da Ponta Grossa;

–      Parada para banho de mar na Ilha do Francês (opcional);

–      16h (previsão) – Retorno a Canasvieiras, costeando as praias de Jurerê Internacional, Tradicional e Canasjurê.

*Importante: almoço e taxa de visitação da fortaleza não estão inclusas no valor do passeio.

Restaurantes, lojas, salões de beleza, hotéis, escolas, clínicas, espaços de dança e de esportes. Uma diversidade de produtos e serviços com desconto será oferecida na primeira edição do Festival de Outono/Inverno da Lagoa, que movimenta o comércio da região entre os dias 1º e 10 de julho. Cerca de 30 estabelecimentos participam do Festival com promoções e sorteios de brindes. A iniciativa é da Regional Lagoa da Conceição da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF).

“Neste momento de economia em baixa, é preciso ter criatividade para atrair o público. Com produtos e serviços de qualidade, aliados a bons preços, com certeza o movimento será grande”, diz Taciana Szulczewski, coordenadora do evento.

A abertura do Festival de Inverno será no dia 30 de junho, em evento na Regional da ACIF, a partir das 19h. Haverá palestra de conscientização ambiental organizada pelo Programa ReÓleo e sorteio de vouchers para serviços gratuitos. As inscrições para o evento de abertura são gratuitas, porém, limitadas, e devem ser feitas pelo link: www.acif.org.br/acif/comunicacao-marketing-e-venda/lagoa-festival-outonoinverno/.

Participantes e Promoções do Festival de Inverno da Lagoa

All Depi
Sorteios de dois vouchers no valor de R$35,00 para depilação com cera; dois vouchers de design de sobrancelha; e dois vales presente de R$30,00 da IZZI Moda Íntima.
(sorteios na loja e divulgados no site da ACIF)

Armazém da Lagoa
Desconto de 15% em toda a loja.

Bambu Hostel
Sorteio de uma noite para duas pessoas com café da manhã.
(sorteio no evento de abertura na Regional ACIF)

Beco do Bagre
Desconto de 20% em dinheiro ou débito em toda a loja, exceto marcas exclusivas (Fouta Heritage, Paulo Govêa, L’afrikana e Parco)​.

Coral Biquinis Floripa
Promoção das Cores 10 %, 20% e 25%.

Divina Bruxa Calçados
Comprando um par, ganha 30% de desconto na compra do segundo par, do mesmo modelo de calçado.

Don Zepe Hotel
Sorteio de uma diária para até duas pessoas, para ser utilizada até 19/08/2016.
(sorteio no evento de abertura na Regional ACIF)

Espaço Lagoa – Filosofia e Comportamento
Aulas de SwáSthya Yôga aberta na Lagoa ou nas dependências do Espaço Lagoa.

Espaço Movidança
Promoção de distribuição de cinco bolsas integrais e cinco bolsas com 50% de desconto em uma modalidade de dança.

Floricultura Vale Verde Flores
Promoção compre e ganhe (flores, ervas, mudas e vasos).

Jacks & Jacks
Promoção Café LATE para viagem a R$ 5,00.

Lagoa 315
A limonada suíça será por conta da casa no almoço e no jantar.

Lagoa Iate Clube
Sorteio de dois vouchers para um dia na sauna no Clube, com direito a uma drenagem linfática; e de dois vouchers para uso de uma área de churrasqueira para confraternização familiar.
(sorteio no evento de abertura na Regional ACIF)

Lounge Beleza
Promoção de Manicure (R$ 16,00) e design de sobrancelhas (R$40,00). Ganhe uma hidratação no corte ou escova.

Made In Guarda
Desconto de 10% em cada peça. (limite de três peças, ou seja, 30% de desconto no máximo)

Manga Rosa
Peças selecionadas com descontos de 30% a 70% e o cliente que comprar durante o festival ganhará uma viseira da Triton.

Nova Acrópole
Sorteio de uma cortesia para o curso introdutório de Filosofia à Maneira Clássica
(sorteio no evento de abertura na Regional ACIF)

Odonto Lagoa
Sorteios de cinco kits de higiene bucal e de três cupons de 25% de desconto em um procedimento.
(sorteio no evento de abertura na Regional ACIF)

O Fado Restaurante
Promoção no prato “Francesinha Portuguesa”: R$25,00 e inclui cerveja, chopp ou refrigerante.

Oito Floripa
Desconto de 10 a 20% nas bijuterias.

Pa-Kua
Aulas gratuitas de defesa pessoal, yoga e tai-chi: uma aula dia 4/7, outra dia 6/7 e outra no dia 8/7; além de sorteio de 20% de desconto em mensalidade de aulas particulares ou regulares nas escolas da cidade.
(sorteio no evento de abertura na Regional ACIF)

Paparico Presentes
Desconto de 15% nas compras à vista.

Panela’s Pizza
Quem mencionar o Festival ao fazer o pedido de uma pizza grande, ganha uma pizza brotinho doce (sabores banana ou brigadeiro).

Pellegrino Restaurante
No pedido de um fondue de queijo, ganha uma taça de vinho tinto.

Santi Lunch
Promoção Compre e Ganhe: todos os dias do evento, o cliente ganha um brinde ao comprar e comer no local.

Suco Prats
Desconto de 10% na compra do suco de laranja integral 4 litros e na compra da embalagem de 5 litros ganha uma unidade de 900ml de Limonada.

Sunset Blue (Esporte E Cia)
Promoção: meião Penalty Adulto ou Infantil R$13,90 e Tênis Infantil Fila R$69,90.

Wamaki Lagoa
20% de desconto no “Festival Livre – Mezanino”.

 

A Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF) divulgou o Índice de Custo de Vida na Capital em maio: 0,80%. Pelos números do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) o resultado foi 0,18 ponto percentual superior ao de maio de 2015 (que registrou 0,62%) e, em comparação com o mês anterior, também houve aumento, de 0,48 ponto percentual – abril teve alta de 0,32%.

Em maio, três dos quatro principais grupos que compõem o índice registraram alta: Alimentação (0,88%), Produtos Não Alimentares (0,53%) e Outros Serviços (0,95%). A alta no grupo Alimentação foi puxada especialmente pelos hortifrutigranjeiros – incluindo produtos de consumo diário, como tomate, batata inglesa e cebola – que tiveram aumento médio de 3,40%. Já entre os Produtos Não Alimentares, destaque para as altas nos medicamentos (13,21%) e nos artigos de mesa e cozinha (9,10%). Aumentos também nos serviços de assistência à saúde, que subiram 6,67%. Apenas o grupo Serviços Públicos não teve variação no período.

Com o resultado, a variação acumulada nos últimos doze meses é de 9,88% e, nos primeiros cinco meses deste ano, a soma alcançou 4,55%.

Os dados para o índice do mês foram coletados entre 2 e 30 de maio de 2016. Confira o relatório mensal e a série histórica do IPC da Capital na página do Custo de Vida, no portal da Udesc Esag.

Sobre o índice

O Índice de Preços ao Consumidor (Custo de Vida) de Florianópolis é calculado desde 1968 pela Udesc Esag, em trabalho coordenado pelo administrador Hercílio Fernandes Neto, egresso da instituição. Reflete a variação de preços incidentes sobre os orçamentos das famílias da Capital, com base na comparação de preços de 319 itens. A relevância de cada produto para o cálculo do índice foi definida por meio de uma pesquisa de orçamento familiar, também realizada pela Udesc Esag.

A divulgação do Índice de Custo de Vida é realizada pela , por meio de convênio firmado em 2007.

Sempre participando ativamente dos assuntos de interesse de Florianópolis e colaborando com a criação de iniciativas para o desenvolvimento da cidade, a Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF) vai passar a acompanhar de forma mais objetiva o trabalho do legislativo municipal, responsável pelas mudanças mais diretas no dia a dia dos moradores da Capital. A entidade está organizando relatórios mensais com as principais propostas dos vereadores – Requerimentos, Projetos de Lei (PL), Projetos de Lei Complementar (PLC), Propostas de Emenda à Lei Orgânica (PEL), entre outros – em áreas como turismo, educação, comércio, segurança, transporte ou de interesse direto do empresariado. Os relatórios serão elaborados mensalmente e divulgados no site – www.acif.org.br/projetos/acompanhamento-legislativo/ – e redes sociais da entidade, além de serem enviados aos mais de 4 mil associados.

De acordo com o diretor da Associação e coordenador da iniciativa, Milton Barcellos Jr., a intenção é manter a ACIF atualizada sobre os novos projetos para que a entidade possa se posicionar e dar a sua contribuição. “A Associação já é reconhecida pela comunidade por sua forte atuação junto ao poder público e pela criação de projetos de sucesso na cidade. Além do mais, também podemos trabalhar na defesa dos associados em temas diretamente ligados ao comércio e prestação de serviço”, explica.

As propostas estão separadas por área de interesse, como Alimentos e Bebidas, Comércio em Geral, Construção de Edifícios, Educação e Cultura, Esporte, Festas e Eventos, entre ouras. Quando selecionada, a proposta de interesse mostra o autor, data da apresentação, ementa, foco, situação atual e onde está locada no momento.

Segundo o presidente da ACIF, Sander DeMira, “para colaborar, é preciso estar bem informado e é este caminho que a Associação segue. Buscamos saber de que forma o poder público está traçando o futuro da cidade para que possamos contribuir positivamente”, destaca.

As boas práticas de sustentabilidade empresarial novamente ganham a atenção da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF). Preocupação constante na entidade, os cuidados com o meio-ambiente e a preservação dos recursos naturais do planeta passam a fazer parte também do Programa Pense Verde, que vai destacar as ações e políticas ambientais entre empresas da Capital. O lançamento do selo Pense Verde será nesta sexta-feira (13), em evento na ACIF Matriz, às 10h, com homenagens as empresas que participaram da edição piloto do programa e palestra da diretora de Meio-Ambiente da ACIF, Jane Pilotto sobre pequenas práticas cotidianas que ajudam empresas a serem mais sustentáveis.

Coordenado pela diretora de Meio-Ambiente da ACIF, o Pense Verde quer conhecer e avaliar os hábitos, as políticas ambientais e os impactos na natureza gerados por cada empresa na execução de suas atividades, além de reconhecer as que já possuem bons hábitos sustentáveis. “Será uma espécie de espelho, em que cada um poderá analisar seu comportamento, comparar com o que os outros estão fazendo e captar as boas ideias”, explica a diretora. A partir destes dados, que ficarão disponíveis em um portal online do programa, a ACIF também vai propor consultorias que incentivem ações e bons hábitos de preservação e otimização no uso dos recursos naturais nas empresas. “Queremos estimular a consciência ambiental e ajudar as empresas a melhorar suas práticas criando planos de ação a curto, médio e longo prazo”, diz Jane Pilotto.

Uma edição piloto do Pense Verde já foi realizada e servirá como base para o início do programa. Por meio de entrevistas in loco nas empresas, realizadas por profissionais especializados, foram avaliados quesitos comportamentais, como a participação em projeto de políticas ambientais e divulgação de práticas sustentáveis; de consumo (equipamentos, produtos, suprimentos e matéria prima); estruturais, como espaço físico, condicionamento do ambiente, tipo de lâmpadas, eletrônicos e consumo de água; além da destinação de resíduos gerados. Os melhores colocados são divididos em quatro categorias, de acordo com pontuação alcançada na avaliação – até 39%, de 40% a 64%, de 65% a 89% e 90% a 100%. A maior porcentagem indica a empresa que conta com mais práticas sustentáveis.

Segundo o presidente da ACIF, Sander DeMira, ao avaliar o setor que representa e propor mudanças, também incorporadas pela entidade, a associação contribui de forma direta com a preservação do meio-ambiente. “Um dos nossos pilares é primar pela qualidade de vida em Florianópolis. O Pense Verde vem ao encontro desta proposta, de buscar uma cidade sustentável para as próximas gerações”, ressalta.

O Programa Pense Verde será realizado anualmente, sempre com homenagens as três empresas melhores colocadas. A próxima edição já está agendada para 2016.

Mais no site do selo: www.acif.org.br/penseverde

A 5ª edição do Prêmio ACIF de Jornalismo foi entregue nesta quarta-feira (30) pela Associação Comercial e Industrial de Florianópolis. Os vencedores desta edição, que lembrou o centenário da entidade são: Iuri Grechi, na categoria Telejornalismo; Paulo Clóvis Schmitz, na categoria Impresso; Joyce Reinert, na categoria Webjornalismo; e Cristian Delosantos, na categoria Rádiojornalismo; que receberão uma viagem com acompanhante para Buenos Aires, na Argentina. Já o Prêmio Especial do Júri ficou com Paulo Clóvis Schmitz, que assinou a reportagem para o Jornal Noticias do Dia sobre antigos comerciantes e lojas tradicionais do centro da Capital, e vai receber R$ 5 mil. (lista completa de vencedores abaixo). A premiação foi entregue no dia do aniversário de Jerônimo Coelho, patrono da imprensa catarinense, nascido em 30 de setembro de 1806.

Veja fotos do evento.

Segundo o presidente da ACIF, Sander DeMira, por oferecer informação de qualidade para o debate, a imprensa tem papel fundamental na construção de uma capital melhor para todos. “Acreditamos no jornalismo como ferramenta de discussão das questões da cidade, porque cada jornalista colabora de alguma forma para melhorá-la ao escrever sobre ela. E é por isso que temos muito orgulho desta premiação”, destacou. Parceira da premiação, a Associação Catarinense de Imprensa (ACI), prestou homenagem a ACIF, entregando o Troféu Prensa, uma réplica da primeira prensa do estado, pelo centenário da entidade empresarial. “Pelo relevante trabalho e empenho desta entidade em buscar sempre o melhor para a cidade, e por sempre estimular e respeitar a imprensa livre e às boas produções jornalísticas”, disse Ademir Arnon, presidente da ACI.

Em 2015, a premiação integrou o calendário comemorativo pelos 100 anos da ACIF, completados em maio, e por isso destacou as melhores produções jornalísticas relacionadas ao desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços em Florianópolis nos últimos cem anos. Os trabalhos foram avaliados por profissionais de comunicação, da área de administração e empresários de atuação relevante no estado, além de um representante da ACIF. Os sete jurados – Celso Vicenzi, Juliana Pamplona, Juliano Pereira, Luis Fernando Assunção, Marcos Bedin, Rodrigo Rossoni e Sérgio Casalecchi – levaram em consideração critérios como contribuição ao modelo empresarial e ao setor produtivo de Florianópolis; relevância do tema, abordagem, profundidade e qualidade (técnica, precisão, clareza, didatismo, linguagem, correção e criatividade).

Vencedores 5ª edição Prêmio ACIF de Jornalismo

Telejornalismo – Iuri Grechi, da RIC TV Record, com a reportagem Série Inovação 1 e 2.

Impresso – Paulo Clóvis Schmitz, do Jornal Notícias do Dia, com a reportagem O comércio que resiste.

Webjornalismo – Joyce Reinert, do Jornal Notícias do Dia, com a reportagem Cem anos de ‘O Estado’.

Radiojornalismo – Cristian Delosantos, da CBN Diário, com a reportagem Mercado Público: Mais de um século de comércio.

Prêmio Especial do Júri – Paulo Clóvis Schmitz, do Jornal Notícias do Dia, com a reportagem O comércio que resiste.

A inclusão social por meio do mercado de trabalho é um dos destaques da 5ª edição do Programa de Apoio a Projetos (PAP 5) da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF). Por meio da parceria com a empresa de limpeza e serviços especiais Ondrepsb, a entidade criou uma nova categoria, a para projetos que oportunizem o desenvolvimento profissional de pessoas portadoras de deficiências físicas, mentais e/ou psíquicas. Segundo a diretora de Empreendedorismo Social da ACIF, Larissa Kroeff, é preciso reforçar a ideia de que as pessoas com algum tipo de deficiência também são produtivas e podem gerar competitividade para as empresas. “São pessoas capazes de exercer inúmeras atividades profissionais e muitas até com qualificação superior aos demais. É só uma questão oferecer oportunidades”, destaca.

Hoje, o Brasil tem 357 mil postos de trabalho destinados a esse público, grande parte deles criadas em função da Lei de Cotas para Pessoas com Deficiência. A lei estabelece que empresas com mais de cem funcionários devem destinar de 2% a 5% de suas vagas para pessoas com deficiência. Mas, segundo dados do Ministério do Trabalho, ainda é pequeno o percentual de contratações por empresas que não são obrigadas a cumprir a medida, já que 92% destas contratações foram em função da legislação.

Pelo PAP 5, a categoria de inserção de portadores de deficiência terá disponível 20 mil reais para projetos e inciativas prioritariamente com esta finalidade ou que gerem desenvolvimento, formação e/ou inclusão social deste público. Já o outro montante, de 50 mil reais, será destinado para ajudar a desenvolver iniciativas nas áreas de Empreendedorismo, Cooperativismo, Trabalho e Geração de Emprego e Renda, Promoção da Cultura e Arte, e Filantropia e Educação, que beneficiem Florianópolis e seus moradores. As inscrições devem ser realizadas apenas pelo www.acif.org.br/projetos/pap, de 24 de agosto a 25 de setembro. A seleção será realizada em novembro e o resultado divulgado em dezembro.

Nas últimas quatro edições, o PAP recebeu 170 inscrições e 18 projetos foram realizados graças ao auxilio financeiro da ACIF. As iniciativas não selecionadas estão armazenadas no banco de dados no site do Programa, e podem ser visualizadas por possíveis investidores.

Como participar do PAP 5

Para participarem do processo de seleção do PAP 5, as iniciativas devem ser executadas entre 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2016, todas na Capital, e por ‘pessoas jurídicas sem fins lucrativos’, também sediadas em Florianópolis. Os projetos devem obedecer a critérios como relevância social e poder transformador; potencial de continuidade; oportunidades para voluntariados; sustentabilidade; visibilidade, inovação e criatividade; entre outros. Cada projeto inscrito deverá apresentar orçamento com valores a partir de hum mil reais e até, no máximo, 20 mil reais. Não serão analisados projetos com orçamento fora destes valores.

A entidade vai disponibilizar uma equipe para atendimento presencial dos interessados em elaborar projetos, tirar dúvidas sobre inscrições e regras do edital. O atendimento será realizado todas às segundas-feiras pela manhã (durante o período de inscrições), mediante agendamento prévio. Além disso, a ACIF irá acompanhar a execução dos projetos selecionados e, os que precisarem de mais de seis meses para ser executados, deverão fornecer relatórios trimestrais informando o andamento das atividades.

Mais informações pelo e-mail projetos@acif.org.br ou pelo telefone (48) 3244-5578.

 

Sobre a All Press

A All Press é uma empresa de Assessoria de Imprensa e Comunicação Estratégica com sede em Florianópolis, fundada em 2003 e especializada em ações que ajudam a reforçar a marca de seus clientes.

Rua Tenente Silveira, 225 – Sala 705, Centro – Florianópolis, SC
(48) 3223-3078
(48) 3028-0183
rogerio@allpresscom.com.br.bh-65.webhostbox.net
almada@allpresscom.com.br.bh-65.webhostbox.net