Conteúdo é um assunto recorrente no blog. Por muito tempo, foi visto como estratégia para se conseguir clientes, mas o que as grandes empresas têm mostrado é que conteúdo também pode render bastante dinheiro. E se você tem a intenção de ganhar uns trocados com isso, não pode ignorar o mercado de cultura pop.

Por isso, o post dessa semana traz o resumo da grande apoteose nerd, a San Diego Comic Con. Além disso, outras novidades quanto a conteúdo e consumo dele, fora os últimos lançamentos das redes e apps e um #TBT da Copa – ou quase isso.

 

Tempo estimado de leitura: 12 minutos

 

1. Comic Con: O mais importante evento de cultura pop do mundo aconteceu nesse final de semana em San Diego. É um momento em que todas as tribos e culturas Nerds se unem. Seja você um leitor(a) de quadrinhos antigos, um(a) recente fã dos filmes, um(a) cosplayer dedicado, colecionador, otaku, gamer… Haverá um espaço para você lá. E é um momento em que os estúdios aproveitam para anunciar e promover os próximos filmes. Entre os principais anúncios:

++ A Marvel Studios não esteve no evento com painel, mas montou um espaço para os fãs lidarem com o luto pós-Guerra Infinita.

++ Alita: Anjo de Combate ganha novo trailer e é adiado para janeiro de 2019.

++ Primeira demo de David Bowie é encontrada em cesta de pães.

 

2. DC Comics: Depois de ver 3 dos seus últimos 4 filmes terem bilheterias abaixo do esperado, a editora parece que encontrou um novo caminho para trilhar no cinema. Serão lançados filmes que integram o universo expandido/compartilhado com tom animado, cores vibrantes e otimismo (como os vistos na Comic Con). Mas será lançada também uma nova linha, sem ligação com o compartilhado, que focará em filmes de arte, tom mais sombrio e liberdade criativa para os envolvidos na produção. O primeiro longa da “DC Black” (como está sendo chamado esse novo selo) será Coringa, que mostrará a origem do vilão, baseada na HQ A Piada Mortal. Na história, ele é um comediante de stand-up falido que fica louco após a morte da esposa grávida. Entre as atrocidades que comete na história, está a tortura física e mental do Comissário Gordon e o aleijamento e estupro da Batgirl. O protagonista será Joaquin Phoenix e a direção está por conta de Todd Phillips (de Se Beber Não Case e Cães de Guerra). Martin Scorsese será um dos produtores e Robert De Niro pode aparecer no longa também. Lançamento previsto para outubro do ano que vem. Não coincidentemente, é a época de lançamento de vários indicados ao Oscar. Pode representar um novo caminho para o gênero.

++ O primeiro grande lançamento do DC Universe, serviço de streaming da DC Comics, será Titãs. Saiu o primeiro trailer. Levantou várias polêmicas: tom sombrio demais para personagens leves, visual de fan film e troca de etnia de personagens.

 

3. James Gunn: Não é só no Brasil que estão desenterrando tweets antigos de famosos. Na semana passada, piadas sobre estupro e pedofilia publicadas entre 2008 e 2011 pelo diretor James Gunn foram recuperadas. Ele se defendeu, dizendo que “Minhas palavras de mais de uma década atrás foram, na época, esforços fracassados e infelizes de ser provocativo. Eu me arrependo delas há algum tempo, não apenas porque foram estúpidas, nem um pouco engraçadas, totalmente insensíveis e certamente não provocativas como eu queria, mas também porque elas não refletem a pessoa que sou hoje ou tenho sido há algum tempo.” No entanto, a Disney não foi piedosa e Gunn foi demitido do filme Guardiões da Galáxia Vol. 3. Importante dizer que a franquia do Guardiões e a relevância atual dos personagens só existem por causa dele. Foi o diretor que chegou para a Marvel com uma ousada proposta de ópera espacial com personagens que mal eram parte do 3º escalão de heróis da editora – mas pelos quais Gunn era completamente apaixonado. E os personagens também impactaram o diretor, segundo o seu próprio irmão: “Desde que ele dedicou sua vida aos filmes de Guardiões e ao MCU, há seis anos, eu vi ele conseguir colocar sua voz nos filmes e ser transformado daquele cara que inventava coisas para chocar as pessoas. Eu ouvi meu irmão dizer diversas vezes que quando Quill reúne o time com ‘esta é a nossa chance de se importar’, este era o discurso que ele mesmo precisava ouvir’. Eles são, afinal, filmes sobre descobrir a melhor versão de si. Trabalhar nestes filmes fez do meu irmão uma pessoa melhor”. Vários membros do elenco se manifestaram a favor de Gunn e a petição para a volta do diretor ao comando do filme já chegou a 70 mil assinaturas.

 

4. Redes e Apps:

 

 

5. Copa: Pensei que já teria parado de falar dela, mas a saudade está batendo. Inclusive, economistas britânicos provaram que futebol acaba com a felicidade – isso que os ingleses nunca tomaram um 7 a 1. Aliás, falando em goleada, a imagem pública do Neymar já caiu tanto quanto ele na Copa. Não bastou ter ficado de fora da lista de 10 melhores da FIFA, o pai dele ainda soltou uma dessa: “A festa que eu fiz foi com a sua mãe”, quando perguntado sobre festas que teriam sido feitas durante a Copa.

 

6. Netflix: O número de assinantes cresceu menos que o esperado no último trimestre (foram 5,2 milhões de usuários novos, eram esperados 1 milhão a mais) e as ações da empresa caíram 14%. E há algumas possíveis razões para isso. Sede demais de crescimento, por exemplo. Concorrência é outra e obriga a empresa a reduzir preços ou a produzir conteúdo de cada vez mais qualidade.

++ Como medir a velocidade da sua internet com a ferramenta da Netflix.

++ Netflix adiciona barra lateral para facilitar navegação de seu catálogo.

++ 5 lições de marketing da Netflix.

 

7. Pacabá: Algumas matérias sobre conteúdo que são legais:

 

+++ Startup transforma poluição em tinta para canetas.

+++ Poder360 e Piauí realizarão debate no YouTube.

+++ Inventaram um sorvete de maionese. E, com essa, me despeço.

Hoje é 15 de maio, Dia Mundial da Família. Seria um tópico excelente para um post falando da relação entre Comunicação e Família, como escolher a linguagem certa em uma campanha, quais estratégias usar quando se almeja atingir toda uma família… Mas talvez hoje o melhor seja mesmo apenas celebrar as famílias. Todas as formas de família – não existe fórmula. Então, assim que terminar a leitura, ligue ou mande um Whats para todos que você considera parte da sua só pra agradecê-los por isso. Não é uma ordem, mas um sincero conselho.

Antes disso, não esqueça de ler o post. Como sempre, só a nata das ações criativas de comunicação. Tem celular em campo de futebol, Deadpool de unicórnio, cientista em bar e uma reflexão sobre quanto valem os seus dados.

Tempo estimado de leitura: 8min 30segs

 

Goleiro-Santos-Atletico-Paranaense-usa-celular-durante-partida
De uniforme e luvas, Santos, do Atlético-PR, usa celular dentro do gramado

1. Uber: Muito se falou no final de semana sobre Santos, o goleiro do Atlético Paranaense, que foi flagrado usando o celular em meio a uma partida do seu time. Um monte de gente criticou, disse que era falta de atenção, um pessoal não se importou muito – é um bom goleiro, afinal – e teve outros que se questionaram como que ele conseguia digitar de luva ou se estaria conferindo o Cartola ou o Tinder. Na verdade, o ato imprudente do goleiro não passava de uma ação da Uber para conscientização no trânsito. O aplicativo – que patrocina o clube – queria dizer que se você fica indignado com um goleiro que usa celular no meio do jogo, também deveria ficar com quem usa no trânsito.

++ Até 2020, as cidades de Dallas e Los Angeles devem ganhar o serviço de táxi aéreo pela Uber.

 

2. MoviePass: É uma startup que pode vir para o Brasil no ano que vem e mistura cinema com assinatura. Basicamente, você paga um valor X por mês – ano passado era de 9,95 dólares, em torno de 35 reais – e tem acesso a vários filmes sem precisar gastar mais com ingressos. No papel, uma ideia ótima, na prática…  Apesar de ter diversas redes de cinemas filiadas e em torno de 2 milhões de assinantes, há um problema crucial: O troço não tá dando dinheiro. Pelo contrário, prejuízo. Porque quem paga o ingresso (integral) aos cinemas é a própria MoviePass. Atualmente, quanto mais gente assina, mais preju. Uma das soluções que estão sendo consideradas é a venda dos dados dos usuários. Vamos supor, coisas do tipo: Qual dia você vai mais o cinema, seus gêneros preferidos, se chega com antecedência ou não, se prefere estreias ou não, quanto gasta na bomboneria… São informações “soltas”, mas que podem ajudar a traçar o seu perfil como consumidor. Algo que pode valer muito a pena para várias empresas.

Exemplinho hipotético – não estou dizendo que vai funcionar assim: Você sempre via filmes de ação, sozinho(a), e pouco gastava com pipoca. De uma hora pra outra, começou a ver comédias românticas, com um ingresso a mais e um combo de pipoca. Para uma empresa de perfumes, quem sabe seja a hora de te mandar um e-mail dizendo: “Parabéns, @consumidor, você acabou de ganhar 10% de desconto nos nossos produtos até o dia dos namorados!” Então, fica a pergunta aqui: Você abriria mão de dados assim em troca de cinema barato?

 

deadpool-veste-roupa-rosa
Deadpool veste rosa em campanha para conscientizar sobre a prevenção do Câncer de Mama

3. Deadpool 2: O filme foi mencionado no post da semana passada, mas merece mais um pouquinho de Ibope. O herói é conhecido por ser “zoeiro” e quem cuidou da divulgação usou essa característica para guiar toda a campanha. Disso, saíram ações pra lá de criativas. Vamos relembrar as principais (repare como a maioria é em vídeo):

++ O filme Jovens Titãs Em Ação Nos Cinemas continua a batalha contra o Deadpool e rebateram a Céline Dion convidando Michael Bolton.

++ Compre seus ingressos para Deadpool 2.

 

4. Redes e Apps:

 

5. Drinks: Algumas das ações mais criativas da última semana foram relacionadas a bebidas. Pra começar, uma boa ideia: a 51 trocou o rótulo para mostrar que está na torcida pelo Brasil. Quem também inovou em rótulo foi Pevê Azevedo, um designer que criou a linha de cervejas “Esse país me obriga a beber”. As artes fazem denúncias políticas, lembrando o “grande acordo” e o tríplex do Lula. Mas a ação mais criativa é da Schweppes. Chama-se “Dress for Respect”. Criaram um vestido todo sensorizado para saber quantas vezes uma mulher é assediada na balada pelo toque. O resultado foi uma média de 40 toques por hora. 😨

 

+++ Vídeo do Porta dos Fundos sobre o formato clichê de comerciais de TV.

+++ Pint of Science é um festival que traz cientistas brasileiros para uma conversa na mesa de bar. Até porque, no bar, doutor não é quem tem doutorado. Doutor é quem desce mais uma gelada.

+++ Bradesco Seguros promove Quinzena do Seguro. O intuito é se apropriar do Dia Nacional do Seguro e estimular setor como um todo a fazer o mesmo.

Thanos já estava ameaçando vir desde 2012. E agora, veio. E como veio! O longa estreou semana passada e já quebrou vários recordes. Independente de você ter apreço ou não pelos Vingadores ou por super-heróis, é o assunto que vai dominar as conversas sobre cultura pop, comunicação e, facilmente, estamos falando do maior evento cinematográfico do ano – talvez, da década.

Porém, mais do que Vingadores, o post hoje é para falar sobre conteúdo e consumo. Isso porque, além do filme do Marvel, outro assunto que vai dominar boa parte do que segue abaixo é Netflix (e streaming, como um todo). O sucesso desta plataforma e desse filme claramente tem uma mensagem a ser transmitida. E, quanto antes a compreendermos, melhor.

Tempo estimado de leitura: 9 minutos.

 

super-herois-vingadores-marvel
O famoso grupo de super-heróis da Marvel Comics.Vingadores: Guerra Infinita
  1. Se você não se importa nada, mas nada mesmo, com blockbusters ou quadrinhos, provavelmente, esse filme não vai ter relevância nenhuma para você. Se você se importa, já viu ou está planejando ver nos próximos dias. Independente de qual dos dois perfis seja o seu, temos que reconhecer: É O MAIOR BLOCKBUSTER DE TODOS OS TEMPOS. É o ápice de uma franquia que se iniciou há 10 anos e conta com 19 filmes. É a maior bilheteria de um sábado e maior bilheteria em um final de semana de estreia nos Estados Unidos, maior estreia mundial da história do cinema e já arrecadou 630 milhões de dólares na bilheteria (já fez mais dinheiro que Logan ou o último Transformers). No total, a franquia do Universo Marvel já arrecadou 15,3 bilhões de dólares na bilheteria mundial. Ou seja, há algo a ser analisado. A forma de consumir filmes (ou conteúdo, se preferir) parece ter mudado. O co-diretor do filme, Joe Russo, disse: “Acho que você pode olhar o Universo Marvel como um grande experimento narrativo. Nunca antes o cinema viu esse número de franquias interligadas ao longo de tantos anos dentro de um mosaico gigante. A cultura americana foi dominada por histórias de duas horas, bidimensionais e agora estamos consumindo conteúdo com tanta velocidade que precisamos de uma nova forma de contar essa história. Acredito que a Marvel está fazendo uma nova forma”.

 

++ Se você não sabe NADA dos filmes da Marvel, mas quer assistir Guerra Infinita, eis tudo o que você precisa saber antes de ir ao cinema.

++ Falando em quadrinhos, tem brasileiros indicados ao Prêmio Eisner – o Oscar do gênero.

++ Falando em filmes, o The Rock é o protagonista de Rampage, filme que estava no topo da bilheteria até Guerra Infinita. Será que ele ficou bravo de perder a liderança? Pelo contrário, fez um vídeo agradecendo aos fãs, parabenizando os Vingadores e ainda falou de uma parceria com Chris Pratt. É o cara mais carismático de Hollywood hoje.

++ Ingressos para Guerra Infinita. Corre! Quando for pra falar do filme de novo, não vou segurar os #Spoilers.

 

  1. Redes e Apps:

tv-globinho-programacao-infantil
Um programa de televisão infantil brasileiro produzido e exibido pela Rede Globo, entre 3 de julho de 2000 e 1 de agosto de 2015.
  1. Canais infantis

    Por anos, mais do que uma forma de entretenimento (ou alienação para os mais radicais), a televisão teve um grande propósito que justificava a sua presença em quase todos os lares brasileiros: Fazer crianças ficarem quietinhas. Quando a barulheira começava ou era dado início a uma bagunça, a TV Globinho vinha ajudar nisso. Nos períodos em que o programa não estava no ar, sobravam os canais pagos. Por isso, de maneira geral, os canais infantis costumam sempre figurar entre os mais vistos. No entanto, há uma concorrência para o cubo mágico e sua antena/cabo: Smartphones, Smart Tvs e, principalmente, o Streaming. Por um tempo, o desenvolvimento econômico brasileiro fez com que mais pessoas vissem TV a cabo. Mas, a crise e o Youtube deram início a uma queda na audiência da TV paga. Saindo um pouco daqui e pensando em EUA, a audiência de Cartoon Network, Disney Channel e Nickelodeon caiu mais de 30% de 2010 a 2017. Neste ano, em comparação ao passado, já houve uma queda de 20%. Comece a reparar: cada vez mais crianças estão vendo Youtube ou Netflix em celulares – próprios ou dos pais. É uma geração que, dificilmente, vai conhecer intervalos comerciais maiores do que poucos segundos.

 

  1. Jornalismo

    Sempre vai haver quem diga que não, mas os bastidores da notícia podem ser tão interessantes quanto a notícia em si. Até pode-se argumentar que seria um conteúdo maçante para um grande público, mas, isso também já foi dito sobre os bastidores do poder – e sabemos do sucesso de House of Cards ou, antes, The West Wing. A notícia é que o BuzzFeed e a Netflix (sim, ela, de novo) fecharam uma parceria e vão lançar uma série documental de 20 episódios sobre Jornalismo. o programa Follow This mostrará o cotidiano dos jornalistas do portal. O trailer do primeiro episódio já está aí.

 

++ O ReclameAqui lançou um app sensacional. O Detector de Corrupção usa reconhecimento facial para detectar os processos que cada político responde na justiça.

+++ Após 35 anos, o ABBA está de volta. Na última sexta, 27 de abril, o quarteto sueco se reuniu para gravar duas novas músicas.

+++ Os Simpsons se tornou a primeira série a alcançar 636 episódios na TV americana. Superaram o recorde do faroeste Gunsmoke, que ficou no ar por 20 anos.

+++ Última sobre os Vingadores. Em Hollywood existem vários serviços de ônibus que levam os turistas para conhecer a casa de celebridades. O apresentador de Talk-show James Corden decidiu inverter essa lógica e levou os protagonistas para um tour por Hollywood.

O inseparável cobertor do Linus, personagem das histórias de Snoopy e Charlie Brown, serviu de inspiração para a nova ação da Fox Film em parceria com cinemas de todo o país. De uma maneira responsável e solidária, o estúdio planejou a Campanha do Cobertor como parte da divulgação do filme “Snoopy & Charlie Brown: Peanuts, O Filme”, que estreia em 2015.

Ao todo, serão 161 postos de coleta espalhados pelo Brasil. Em Florianópolis, o Cinesystem do Shopping Iguatemi vai receber uma caixa e outros materiais temáticos do filme para coletar cobertores para a instituição Irmandade do Divino Espirito Santo/Promenor. A entidade filantrópica atua há mais de 100 anos na assistência e formação de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.

Com o mote “Ele já tem o dele. Doe para quem não tem”, a campanha começa na quarta, 29, e termina no dia 21 de agosto. Além de doar cobertores, é possível ajudar na divulgação da causa publicando nas redes sociais com a hashtag #CampanhaDoCobertor.

Assista ao trailer de “Snoopy & Charlie Brown: Peanuts, O Filme”

A animação “Divertida Mente” é a atração do projeto Sábado Animado que ocorre no dia 11, às 10h30, no Cinesystem do Shopping Iguatemi Florianópolis. O projeto oferece sessões gratuitas de grandes sucessos do cinema uma vez por mês e tem patrocínio do município de Florianópolis por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

No primeiro fim de semana nos cinemas, “Divertida Mente” faturou US$ 91 milhões, superou “Avatar” e se tornou a melhor estreia de uma produção americana nos Estados Unidos. A mais nova produção da Pixar é favorita ao Oscar e mantém o sucesso do estúdio, que produziu grandes animações para todas as idades, como a trilogia “Toy Story” e “Up – Altas Aventuras”.

Assista ao trailer

Serviço

O quê: “Divertida Mente” no Sábado Animado

Quando: 11/7, às 10h30

Onde: Cinesystem no Shopping Iguatemi

Avenida Madre Benvenuta, 687 – Santa Mônica, Florianópolis

Quanto: entrada franca com retirada de ingressos a partir das 10h

A emoção da telona, rara para os moradores das pequenas cidades, chegou este mês a oito municípios da serra catarinense. A quinta edição do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades programou 70 sessões a bordo do Cinemóvel – um caminhão cinema especialmente preparado para receber o público. A jornada, que iniciou no dia 16 em Bocaina do Sul, já passou por Cerro Negro, Capão Alto, São José do Cerrito, Lages e Painel. Na próxima semana, o Cinemóvel conclui sua jornada com sessões de cinema nas cidades de Urupema e Urubici (serviço abaixo).

O projeto emociona e movimenta o público. Na serra, a intenção é esquentar os dias frios do inverno que se aproxima com muita diversão. Equipado com 30 poltronas e um telão de 120 polegadas, o Cinemóvel oferece todo clima de cinema, inclusive lanterninha. O público poderá assistir produções nacionais, que já encantaram o público de centros maiores, em um ambiente climatizado, iluminação própria de cinema, rampa de acesso e acomodações para cadeirantes. São esperados em 22 dias de projeto cerca de 2.100 espectadores.

O objetivo do Circuito SCGÁS é incentivar o acesso democrático à cultura e entretenimento. Entre 2010 a 2013, o projeto – este ano em sua quinta edição – já realizou 582 sessões com mais de 15 mil espectadores em 55 visitas a cidades catarinenses. “Somos uma empresa com uma missão social clara, entregamos um energético que leva qualidade de vida as pessoas e competitividade ao mercado. O investimento em ações que democratizem o acesso a cultura complementa esse nosso objetivo que é bem atender a sociedade catarinense”, diz Cósme Polêse, presidente da SCGÁS.

Os filmes escolhidos este ano são Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6), Cocoricó Conta Clássicos, Eu e Meu Guarda-Chuva e Rio, O Filme.

O Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades faz parte do Projeto Gira Brasil e é executado com recursos aprovados pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, patrocinado pela SCGÁS e realizado pelo Ministério da Cultura e Magma Cultura.

 

Roteiro do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades na Serra Catarinense:

Bocaina do Sul – 16 a 18 de junho

Cerro Negro – 20 e 21 de junho

Capão Alto – 23 a 25 de junho

São José do Cerrito – 26 e 27 de junho

Lages – 30 de junho a 02 de julho

Painel – 03 a 05 de julho

Urupema – 07 e 08 de julho

Urubici – 09 a 11 de julho

 

Serviço em Urupema:

Local: Em frente ao Centro de Eventos Rubens Pagani – Centro

Horário das sessões:

Segunda-feira (07):  10h – 13h30 – 15h30 e 19 horas

Terça-feira (08): 8h30 – 09h30 e 10h30

 

Serviço em Urubici:

Local: Rua Ricardo Kruger, na esquina ao lado do SESC

Horário das Sessões:

Quarta-feira (09): 10h – 13h30 – 15h30 e 19 horas

Quinta-feira (10): 8h – 10h – 13h30 – 15h30 e 19 horas

Sexta-feira (11): 8h – 10h – 13h30 e 15h30

 

Sinopse dos filmes:

 

Classificação Indicativa: livre (público infanto-juvenil)

 

Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6)

Duração: aproximadamente 70 minutos

Quando o cheirinho do Cascão passa dos limites e a turminha decide dar-lhe um bom banho, ele resolve se esconder no cinema. No escurinho, o Cascão usa um truque com sombras para enganar o Franjinha e fingir que é o Cebolinha. Também consegue enganar a Mônica e a Magali enquanto assistem a vários filminhos. Com seu disfarce, o sujinho está quase convencendo as meninas a desistir desse banho forçado – até que o verdadeiro Cebolinha aparece! E agora? Entre historinhas que envolvem desde seu porquinho de estimação até uma fonte dos desejos, o Cascão precisa de toda a sua esperteza para continuar escondido e escapar do banho!

 

Cocoricó Conta Clássicos

Duração: aproximadamente 1h20

Júlio, Lilica, Caco, Zazá, Mimosa, Alípio e outros formam a turma do Cocoricó, grupo de personagens do programa infantil da TV Cultura.

Juntos, eles interpretam contos famosos da literatura internacional, como Rapunzel, A Bela e a Fera, O Corcunda de Notre Dame e A Cigarra e a Formiga, adaptando-os à realidade brasileira.

 

Rio, o filme

Duração: aproximadamente 1h40

Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda, com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles precisam unir forças para escapar do cativeiro.

 

Eu e Meu Guarda-Chuva

Duração: aproximadamente 83 minutos

Em sua última noite de férias, Eugênio, um menino de 11 anos, e seu melhor amigo, Cebola, envolvem-se em aventuras inimagináveis para resgatar Frida, sua paixão e colega de escola, que foi sequestrada pelo fantasma do temível Barão Von Staffen.

Nesta odisseia, Eugênio contará com a ajuda de um guarda-chuva herdado de seu saudoso avô, que lhe dará a coragem necessária para seguir em frente. O duelo final entre o Barão e Eugênio decidirá o destino de Frida e de todos eles.

 

Adriana Freitas(48) 3223-3078 / (48) 9971-1107
www.allpresscom.com.br.bh-65.webhostbox.net

A emoção da telona, rara para os moradores das pequenas cidades, chegou este mês a oito municípios da serra catarinense. A quinta edição do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades programou 70 sessões a bordo do Cinemóvel – um caminhão cinema especialmente preparado para receber o público. A jornada, que iniciou no dia 16 em Bocaina do Sul, já passou por Cerro Negro, Capão Alto, São José do Cerrito e Lages. De quinta (3) a sábado (5), o Cinemóvel estará em Painel, em frente ao Centro de Eventos no Centro da cidade (serviço abaixo).Na sequência, o caminhão cinema segue para os municípios de  Urupema e Urubici.

O projeto emociona e movimenta o público. Na serra, a intenção é esquentar os dias frios do inverno que se aproxima com muita diversão. Equipado com 30 poltronas e um telão de 120 polegadas, o Cinemóvel oferece todo clima de cinema, inclusive lanterninha. O público poderá assistir produções nacionais, que já encantaram o público de centros maiores, em um ambiente climatizado, iluminação própria de cinema, rampa de acesso e acomodações para cadeirantes. São esperados em 22 dias de projeto cerca de 2.100 espectadores.

O objetivo do Circuito SCGÁS é incentivar o acesso democrático à cultura e entretenimento. Entre 2010 a 2013, o projeto – este ano em sua quinta edição – já realizou 582 sessões com mais de 15 mil espectadores em 55 visitas a cidades catarinenses. “Somos uma empresa com uma missão social clara, entregamos um energético que leva qualidade de vida as pessoas e competitividade ao mercado. O investimento em ações que democratizem o acesso a cultura complementa esse nosso objetivo que é bem atender a sociedade catarinense”, diz Cósme Polêse, presidente da SCGÁS.

Os filmes escolhidos este ano são Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6), Cocoricó Conta Clássicos, Eu e Meu Guarda-Chuva e Rio, O Filme.

O Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades faz parte do Projeto Gira Brasil e é executado com recursos aprovados pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, patrocinado pela SCGÁS e realizado pelo Ministério da Cultura e Magma Cultura.

 

Roteiro do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades na Serra Catarinense:

Bocaina do Sul – 16 a 18 de junho

Cerro Negro – 20 e 21 de junho

Capão Alto – 23 a 25 de junho

São José do Cerrito – 26 e 27 de junho

Lages – 30 de junho a 02 de julho

Painel – 03 a 05 de julho

Urupema – 07 e 08 de julho

Urubici – 09 a 11 de julho

 

Serviço em Painel:

Local: Em frente ao Centro de Eventos – Centro

Horário das sessões:

Quinta-feira (03): 10h – 13h – 15h e 19 horas

Sexta-feira (04): 8h e 10h

Sábado (05): 8h e 14h

 

Sinopse dos filmes:

 

Classificação Indicativa: livre (público infanto-juvenil)

 

Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6)

Duração: aproximadamente 70 minutos

Quando o cheirinho do Cascão passa dos limites e a turminha decide dar-lhe um bom banho, ele resolve se esconder no cinema. No escurinho, o Cascão usa um truque com sombras para enganar o Franjinha e fingir que é o Cebolinha. Também consegue enganar a Mônica e a Magali enquanto assistem a vários filminhos. Com seu disfarce, o sujinho está quase convencendo as meninas a desistir desse banho forçado – até que o verdadeiro Cebolinha aparece! E agora? Entre historinhas que envolvem desde seu porquinho de estimação até uma fonte dos desejos, o Cascão precisa de toda a sua esperteza para continuar escondido e escapar do banho!

 

Cocoricó Conta Clássicos

Duração: aproximadamente 1h20

Júlio, Lilica, Caco, Zazá, Mimosa, Alípio e outros formam a turma do Cocoricó, grupo de personagens do programa infantil da TV Cultura.

Juntos, eles interpretam contos famosos da literatura internacional, como Rapunzel, A Bela e a Fera, O Corcunda de Notre Dame e A Cigarra e a Formiga, adaptando-os à realidade brasileira.

 

Rio, o filme

Duração: aproximadamente 1h40

Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda, com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles precisam unir forças para escapar do cativeiro.

 

Eu e Meu Guarda-Chuva

Duração: aproximadamente 83 minutos

Em sua última noite de férias, Eugênio, um menino de 11 anos, e seu melhor amigo, Cebola, envolvem-se em aventuras inimagináveis para resgatar Frida, sua paixão e colega de escola, que foi sequestrada pelo fantasma do temível Barão Von Staffen.

Nesta odisseia, Eugênio contará com a ajuda de um guarda-chuva herdado de seu saudoso avô, que lhe dará a coragem necessária para seguir em frente. O duelo final entre o Barão e Eugênio decidirá o destino de Frida e de todos eles.

A saga Crepúsculo chega ao fim com o filme Amanhecer: Parte2, que estreia no Brasil em 15 de novembro (quinta-feira). O Cinesystem Iguatemi terá sessão especial de estreia à 0h04 no Shopping Iguatemi, em Florianópolis. Ingressos podem ser adquiridos nas bilheterias ou pelo site: www.cinesytem.com.br.

No filme, Bella (Kristen Stewart) foi transformada em vampira e sua filha nasce após uma gestação conturbada. Um clã de vampiros vê a criança como ameaça e pretende matá-la, mas Bella e seu marido Edward (Robert Pattinson) farão de tudo para impedir, entrando em guerra com seus inimigos.

Orçado em US$ 131,5 milhões, este é o exemplar de produção mais cara de toda a saga. Os filmes são baseados na série de livros de fantasia e romance escritos por Stephenie Meyer, que contam a história de Isabella Swan (Bella), uma adolescente que se muda de Phoenix para Forks, em Washington, experimentando um mundo totalmente novo para si ao apaixonar-se por Edward Cullen, um vampiro.

A saga teve a seguinte sequência de filmes: “Crepúsculo” (2008), “A Saga Crepúsculo: Lua Nova” (2009), “A Saga Crepúsculo: Eclipse” (2010) e “A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1” (2011).

 Shopping Iguatemi:
Quinta-feira: 00h04 14h30 17h00 19h30 22h00.
Dia 16 a 22 de novembro nos horários: 14h30 17h00 19h30 22h00.
Valor Ingresso: R$ 21,00 inteira e R$ 10,50 meia entrada.

Veja o trailer: