O Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades, em sua quinta edição, percorreu oito municípios da serra catarinense entre os dias 16 de junho e 11 de julho. Foram 78 sessões de cinema a bordo do Cinemóvel, oito a mais do que as 70 previstas inicialmente, e a participação de mais de duas mil pessoas.

O caminhão cinema – especialmente preparado para receber o público – passou por Bocaina do Sul, Cerro Negro, Capão Alto, São José do Cerrito, Lages, Painel, Urupema e Urubici. Equipado com 30 poltronas e um telão de 120 polegadas o Cinemóvel proporcionou todo clima de cinema à garotada que pôde curtir as emoções da telona.

Os filmes escolhidos para esta edição foram Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6), Cocoricó Conta Clássicos, Rio, o filme e Eu e Meu Guarda-Chuva.

O objetivo do Circuito SCGÁS é incentivar o acesso democrático à cultura e entretenimento. Entre 2010 e 2014, o projeto realizou 660 sessões com mais de 17 mil espectadores em 63 visitas a cidades catarinenses.

O Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades faz parte do Projeto Gira Brasil e é executado com recursos aprovados pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, patrocinado pela SCGÁS e realizado pelo Ministério da Cultura e Magma Cultura.

A emoção da telona, rara para os moradores das pequenas cidades, chegou este mês a oito municípios da serra catarinense. A quinta edição do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades programou 70 sessões a bordo do Cinemóvel – um caminhão cinema especialmente preparado para receber o público. A jornada, que iniciou no dia 16 em Bocaina do Sul, já passou por Cerro Negro, Capão Alto, São José do Cerrito, Lages e Painel. Na próxima semana, o Cinemóvel conclui sua jornada com sessões de cinema nas cidades de Urupema e Urubici (serviço abaixo).

O projeto emociona e movimenta o público. Na serra, a intenção é esquentar os dias frios do inverno que se aproxima com muita diversão. Equipado com 30 poltronas e um telão de 120 polegadas, o Cinemóvel oferece todo clima de cinema, inclusive lanterninha. O público poderá assistir produções nacionais, que já encantaram o público de centros maiores, em um ambiente climatizado, iluminação própria de cinema, rampa de acesso e acomodações para cadeirantes. São esperados em 22 dias de projeto cerca de 2.100 espectadores.

O objetivo do Circuito SCGÁS é incentivar o acesso democrático à cultura e entretenimento. Entre 2010 a 2013, o projeto – este ano em sua quinta edição – já realizou 582 sessões com mais de 15 mil espectadores em 55 visitas a cidades catarinenses. “Somos uma empresa com uma missão social clara, entregamos um energético que leva qualidade de vida as pessoas e competitividade ao mercado. O investimento em ações que democratizem o acesso a cultura complementa esse nosso objetivo que é bem atender a sociedade catarinense”, diz Cósme Polêse, presidente da SCGÁS.

Os filmes escolhidos este ano são Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6), Cocoricó Conta Clássicos, Eu e Meu Guarda-Chuva e Rio, O Filme.

O Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades faz parte do Projeto Gira Brasil e é executado com recursos aprovados pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, patrocinado pela SCGÁS e realizado pelo Ministério da Cultura e Magma Cultura.

 

Roteiro do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades na Serra Catarinense:

Bocaina do Sul – 16 a 18 de junho

Cerro Negro – 20 e 21 de junho

Capão Alto – 23 a 25 de junho

São José do Cerrito – 26 e 27 de junho

Lages – 30 de junho a 02 de julho

Painel – 03 a 05 de julho

Urupema – 07 e 08 de julho

Urubici – 09 a 11 de julho

 

Serviço em Urupema:

Local: Em frente ao Centro de Eventos Rubens Pagani – Centro

Horário das sessões:

Segunda-feira (07):  10h – 13h30 – 15h30 e 19 horas

Terça-feira (08): 8h30 – 09h30 e 10h30

 

Serviço em Urubici:

Local: Rua Ricardo Kruger, na esquina ao lado do SESC

Horário das Sessões:

Quarta-feira (09): 10h – 13h30 – 15h30 e 19 horas

Quinta-feira (10): 8h – 10h – 13h30 – 15h30 e 19 horas

Sexta-feira (11): 8h – 10h – 13h30 e 15h30

 

Sinopse dos filmes:

 

Classificação Indicativa: livre (público infanto-juvenil)

 

Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6)

Duração: aproximadamente 70 minutos

Quando o cheirinho do Cascão passa dos limites e a turminha decide dar-lhe um bom banho, ele resolve se esconder no cinema. No escurinho, o Cascão usa um truque com sombras para enganar o Franjinha e fingir que é o Cebolinha. Também consegue enganar a Mônica e a Magali enquanto assistem a vários filminhos. Com seu disfarce, o sujinho está quase convencendo as meninas a desistir desse banho forçado – até que o verdadeiro Cebolinha aparece! E agora? Entre historinhas que envolvem desde seu porquinho de estimação até uma fonte dos desejos, o Cascão precisa de toda a sua esperteza para continuar escondido e escapar do banho!

 

Cocoricó Conta Clássicos

Duração: aproximadamente 1h20

Júlio, Lilica, Caco, Zazá, Mimosa, Alípio e outros formam a turma do Cocoricó, grupo de personagens do programa infantil da TV Cultura.

Juntos, eles interpretam contos famosos da literatura internacional, como Rapunzel, A Bela e a Fera, O Corcunda de Notre Dame e A Cigarra e a Formiga, adaptando-os à realidade brasileira.

 

Rio, o filme

Duração: aproximadamente 1h40

Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda, com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles precisam unir forças para escapar do cativeiro.

 

Eu e Meu Guarda-Chuva

Duração: aproximadamente 83 minutos

Em sua última noite de férias, Eugênio, um menino de 11 anos, e seu melhor amigo, Cebola, envolvem-se em aventuras inimagináveis para resgatar Frida, sua paixão e colega de escola, que foi sequestrada pelo fantasma do temível Barão Von Staffen.

Nesta odisseia, Eugênio contará com a ajuda de um guarda-chuva herdado de seu saudoso avô, que lhe dará a coragem necessária para seguir em frente. O duelo final entre o Barão e Eugênio decidirá o destino de Frida e de todos eles.

 

Adriana Freitas(48) 3223-3078 / (48) 9971-1107
www.allpresscom.com.br.bh-65.webhostbox.net

A emoção da telona, rara para os moradores das pequenas cidades, chegou este mês a oito municípios da serra catarinense. A quinta edição do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades programou 70 sessões a bordo do Cinemóvel – um caminhão cinema especialmente preparado para receber o público. A jornada, que iniciou no dia 16 em Bocaina do Sul, já passou por Cerro Negro, Capão Alto, São José do Cerrito e Lages. De quinta (3) a sábado (5), o Cinemóvel estará em Painel, em frente ao Centro de Eventos no Centro da cidade (serviço abaixo).Na sequência, o caminhão cinema segue para os municípios de  Urupema e Urubici.

O projeto emociona e movimenta o público. Na serra, a intenção é esquentar os dias frios do inverno que se aproxima com muita diversão. Equipado com 30 poltronas e um telão de 120 polegadas, o Cinemóvel oferece todo clima de cinema, inclusive lanterninha. O público poderá assistir produções nacionais, que já encantaram o público de centros maiores, em um ambiente climatizado, iluminação própria de cinema, rampa de acesso e acomodações para cadeirantes. São esperados em 22 dias de projeto cerca de 2.100 espectadores.

O objetivo do Circuito SCGÁS é incentivar o acesso democrático à cultura e entretenimento. Entre 2010 a 2013, o projeto – este ano em sua quinta edição – já realizou 582 sessões com mais de 15 mil espectadores em 55 visitas a cidades catarinenses. “Somos uma empresa com uma missão social clara, entregamos um energético que leva qualidade de vida as pessoas e competitividade ao mercado. O investimento em ações que democratizem o acesso a cultura complementa esse nosso objetivo que é bem atender a sociedade catarinense”, diz Cósme Polêse, presidente da SCGÁS.

Os filmes escolhidos este ano são Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6), Cocoricó Conta Clássicos, Eu e Meu Guarda-Chuva e Rio, O Filme.

O Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades faz parte do Projeto Gira Brasil e é executado com recursos aprovados pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, patrocinado pela SCGÁS e realizado pelo Ministério da Cultura e Magma Cultura.

 

Roteiro do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades na Serra Catarinense:

Bocaina do Sul – 16 a 18 de junho

Cerro Negro – 20 e 21 de junho

Capão Alto – 23 a 25 de junho

São José do Cerrito – 26 e 27 de junho

Lages – 30 de junho a 02 de julho

Painel – 03 a 05 de julho

Urupema – 07 e 08 de julho

Urubici – 09 a 11 de julho

 

Serviço em Painel:

Local: Em frente ao Centro de Eventos – Centro

Horário das sessões:

Quinta-feira (03): 10h – 13h – 15h e 19 horas

Sexta-feira (04): 8h e 10h

Sábado (05): 8h e 14h

 

Sinopse dos filmes:

 

Classificação Indicativa: livre (público infanto-juvenil)

 

Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6)

Duração: aproximadamente 70 minutos

Quando o cheirinho do Cascão passa dos limites e a turminha decide dar-lhe um bom banho, ele resolve se esconder no cinema. No escurinho, o Cascão usa um truque com sombras para enganar o Franjinha e fingir que é o Cebolinha. Também consegue enganar a Mônica e a Magali enquanto assistem a vários filminhos. Com seu disfarce, o sujinho está quase convencendo as meninas a desistir desse banho forçado – até que o verdadeiro Cebolinha aparece! E agora? Entre historinhas que envolvem desde seu porquinho de estimação até uma fonte dos desejos, o Cascão precisa de toda a sua esperteza para continuar escondido e escapar do banho!

 

Cocoricó Conta Clássicos

Duração: aproximadamente 1h20

Júlio, Lilica, Caco, Zazá, Mimosa, Alípio e outros formam a turma do Cocoricó, grupo de personagens do programa infantil da TV Cultura.

Juntos, eles interpretam contos famosos da literatura internacional, como Rapunzel, A Bela e a Fera, O Corcunda de Notre Dame e A Cigarra e a Formiga, adaptando-os à realidade brasileira.

 

Rio, o filme

Duração: aproximadamente 1h40

Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda, com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles precisam unir forças para escapar do cativeiro.

 

Eu e Meu Guarda-Chuva

Duração: aproximadamente 83 minutos

Em sua última noite de férias, Eugênio, um menino de 11 anos, e seu melhor amigo, Cebola, envolvem-se em aventuras inimagináveis para resgatar Frida, sua paixão e colega de escola, que foi sequestrada pelo fantasma do temível Barão Von Staffen.

Nesta odisseia, Eugênio contará com a ajuda de um guarda-chuva herdado de seu saudoso avô, que lhe dará a coragem necessária para seguir em frente. O duelo final entre o Barão e Eugênio decidirá o destino de Frida e de todos eles.

A emoção da telona, rara para os moradores das pequenas cidades, chegou este mês a oito municípios da serra catarinense. A quinta edição do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades programou 70 sessões a bordo do Cinemóvel – um caminhão cinema especialmente preparado para receber o público. A jornada, que iniciou no dia 16 em Bocaina do Sul, já passou por Cerro Negro, Capão Alto e São José do Cerrito. De segunda (30/06) a quarta-feira (02/07), o Cinemóvel estará em Lages no CAIC Nossa Senhora dos Prazeres no bairro Santa Catarina (serviço abaixo).Na sequência, segue para os municípios de Painel, Urupema e Urubici.

O projeto emociona e movimenta o público. Na serra, a intenção é esquentar os dias frios do inverno que se aproxima com muita diversão. Equipado com 30 poltronas e um telão de 120 polegadas, o Cinemóvel oferece todo clima de cinema, inclusive lanterninha. O público poderá assistir produções nacionais, que já encantaram o público de centros maiores, em um ambiente climatizado, iluminação própria de cinema, rampa de acesso e acomodações para cadeirantes. São esperados em 22 dias de projeto cerca de 2.100 espectadores.

O objetivo do Circuito SCGÁS é incentivar o acesso democrático à cultura e entretenimento. Entre 2010 a 2013, o projeto – este ano em sua quinta edição – já realizou 582 sessões com mais de 15 mil espectadores em 55 visitas a cidades catarinenses. “Somos uma empresa com uma missão social clara, entregamos um energético que leva qualidade de vida as pessoas e competitividade ao mercado. O investimento em ações que democratizem o acesso a cultura complementa esse nosso objetivo que é bem atender a sociedade catarinense”, diz Cósme Polêse, presidente da SCGÁS.

Os filmes escolhidos este ano são Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6), Cocoricó Conta Clássicos, Eu e Meu Guarda-Chuva e Rio, O Filme.

O Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades faz parte do Projeto Gira Brasil e é executado com recursos aprovados pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, patrocinado pela SCGÁS e realizado pelo Ministério da Cultura e Magma Cultura.

 

Roteiro do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades na Serra Catarinense:

Bocaina do Sul – 16 a 18 de junho

Cerro Negro – 20 e 21 de junho

Capão Alto – 23 a 25 de junho

São José do Cerrito – 26 e 27 de junho

Lages – 30 de junho a 02 de julho

Painel – 03 a 05 de julho

Urupema – 07 e 08 de julho

Urubici – 09 a 11 de julho

 

Serviço em Lages:

Local: CAIC Nossa Senhora dos Prazeres – Bairro Santa Catarina

Horário das sessões:

Segunda-feira (30): 8h – 10h – 13h30 – 15h30 e 19 horas

Terça-feira (1º): 8h – 10h – 13h30 – 15h30 e 19 horas

Quarta-feira (02): 8h – 10h – 13h30 e 15h30

 

Sinopse dos filmes:

 

Classificação Indicativa: livre (público infanto-juvenil)

 

Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6)

Duração: aproximadamente 70 minutos

Quando o cheirinho do Cascão passa dos limites e a turminha decide dar-lhe um bom banho, ele resolve se esconder no cinema. No escurinho, o Cascão usa um truque com sombras para enganar o Franjinha e fingir que é o Cebolinha. Também consegue enganar a Mônica e a Magali enquanto assistem a vários filminhos. Com seu disfarce, o sujinho está quase convencendo as meninas a desistir desse banho forçado – até que o verdadeiro Cebolinha aparece! E agora? Entre historinhas que envolvem desde seu porquinho de estimação até uma fonte dos desejos, o Cascão precisa de toda a sua esperteza para continuar escondido e escapar do banho!

 

Cocoricó Conta Clássicos

Duração: aproximadamente 1h20

Júlio, Lilica, Caco, Zazá, Mimosa, Alípio e outros formam a turma do Cocoricó, grupo de personagens do programa infantil da TV Cultura.

Juntos, eles interpretam contos famosos da literatura internacional, como Rapunzel, A Bela e a Fera, O Corcunda de Notre Dame e A Cigarra e a Formiga, adaptando-os à realidade brasileira.

 

Rio, o filme

Duração: aproximadamente 1h40

Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda, com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles precisam unir forças para escapar do cativeiro.

 

Eu e Meu Guarda-Chuva

Duração: aproximadamente 83 minutos

Em sua última noite de férias, Eugênio, um menino de 11 anos, e seu melhor amigo, Cebola, envolvem-se em aventuras inimagináveis para resgatar Frida, sua paixão e colega de escola, que foi sequestrada pelo fantasma do temível Barão Von Staffen.

Nesta odisseia, Eugênio contará com a ajuda de um guarda-chuva herdado de seu saudoso avô, que lhe dará a coragem necessária para seguir em frente. O duelo final entre o Barão e Eugênio decidirá o destino de Frida e de todos eles.

A emoção da telona, rara para os moradores das pequenas cidades, chegou este mês a oito municípios da serra catarinense. A quinta edição do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades programou 70 sessões a bordo do Cinemóvel – um caminhão cinema especialmente preparado para receber o público. A jornada, que iniciou no dia 16 em Bocaina do Sul, já passou por Cerro Negro e Capão Alto. Nesta quinta e sexta-feira (26 e 27 de junho), Cinemóvel estará em São José do Cerrito (serviço abaixo). Na sequência, segue para os municípios de Lages, Painel, Urupema e Urubici.

O projeto emociona e movimenta o público. Na serra, a intenção é esquentar os dias frios do inverno que se aproxima com muita diversão. Equipado com 30 poltronas e um telão de 120 polegadas, o Cinemóvel oferece todo clima de cinema, inclusive lanterninha. O público poderá assistir produções nacionais, que já encantaram o público de centros maiores, em um ambiente climatizado, iluminação própria de cinema, rampa de acesso e acomodações para cadeirantes. São esperados em 22 dias de projeto cerca de 2.100 espectadores.

O objetivo do Circuito SCGÁS é incentivar o acesso democrático à cultura e entretenimento. Entre 2010 a 2013, o projeto – este ano em sua quinta edição – já realizou 582 sessões com mais de 15 mil espectadores em 55 visitas a cidades catarinenses. “Somos uma empresa com uma missão social clara, entregamos um energético que leva qualidade de vida as pessoas e competitividade ao mercado. O investimento em ações que democratizem o acesso a cultura complementa esse nosso objetivo que é bem atender a sociedade catarinense”, diz Cósme Polêse, presidente da SCGÁS.

Os filmes escolhidos este ano são Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6), Cocoricó Conta Clássicos, Eu e Meu Guarda-Chuva e Rio, O Filme.

O Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades faz parte do Projeto Gira Brasil e é executado com recursos aprovados pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, patrocinado pela SCGÁS e realizado pelo Ministério da Cultura e Magma Cultura.

 

Roteiro do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades na Serra Catarinense:

Bocaina do Sul – 16 a 18 de junho

Cerro Negro – 20 e 21 de junho

Capão Alto – 23 a 25 de junho

São José do Cerrito – 26 e 27 de junho

Lages – 30 de junho a 02 de julho

Painel – 03 a 05 de julho

Urupema – 07 e 08 de julho

Urubici – 09 a 11 de julho

 

Serviço em São José do Cerrito:

Local: Ao lado da Secretaria Municipal de Educação – Centro

Horário das sessões:

Quinta-feira (26): 10h – 13h30 – 15h30 e 17 horas

Sexta-feira (27): 8h – 10h – 13h30 – 15h30 – 17h e 19 horas

 

Sinopse dos filmes:

Classificação Indicativa: livre (público infanto-juvenil)

 

Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6)

Duração: aproximadamente 70 minutos

Quando o cheirinho do Cascão passa dos limites e a turminha decide dar-lhe um bom banho, ele resolve se esconder no cinema. No escurinho, o Cascão usa um truque com sombras para enganar o Franjinha e fingir que é o Cebolinha. Também consegue enganar a Mônica e a Magali enquanto assistem a vários filminhos. Com seu disfarce, o sujinho está quase convencendo as meninas a desistir desse banho forçado – até que o verdadeiro Cebolinha aparece! E agora? Entre historinhas que envolvem desde seu porquinho de estimação até uma fonte dos desejos, o Cascão precisa de toda a sua esperteza para continuar escondido e escapar do banho!

 

Cocoricó Conta Clássicos

Duração: aproximadamente 1h20

Júlio, Lilica, Caco, Zazá, Mimosa, Alípio e outros formam a turma do Cocoricó, grupo de personagens do programa infantil da TV Cultura.

Juntos, eles interpretam contos famosos da literatura internacional, como Rapunzel, A Bela e a Fera, O Corcunda de Notre Dame e A Cigarra e a Formiga, adaptando-os à realidade brasileira.

 

Rio, o filme

Duração: aproximadamente 1h40

Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda, com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles precisam unir forças para escapar do cativeiro.

 

Eu e Meu Guarda-Chuva

Duração: aproximadamente 83 minutos

Em sua última noite de férias, Eugênio, um menino de 11 anos, e seu melhor amigo, Cebola, envolvem-se em aventuras inimagináveis para resgatar Frida, sua paixão e colega de escola, que foi sequestrada pelo fantasma do temível Barão Von Staffen.

Nesta odisseia, Eugênio contará com a ajuda de um guarda-chuva herdado de seu saudoso avô, que lhe dará a coragem necessária para seguir em frente. O duelo final entre o Barão e Eugênio decidirá o destino de Frida e de todos eles.

A emoção da telona, rara para os moradores das pequenas cidades, chega este mês a oito municípios da serra catarinense. A quinta edição do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades programou 70 sessões a bordo do Cinemóvel – um caminhão cinema especialmente preparado para receber o público. A jornada, que iniciou em Bocaina do Sul, passou por Cerro Negro, e chega em Capão Alto nesta segunda-feira (23) – serviço abaixo. Nesta quinta e sexta-feira, o Cinemóvel estará em São José do Cerrito, seguindo posteriormente para Lages, Painel, Urupema e Urubici.

O projeto emociona e movimenta o público. Na serra, a intenção é esquentar os dias frios do inverno que se aproxima com muita diversão. Equipado com 30 poltronas e um telão de 120 polegadas, o Cinemóvel oferece todo clima de cinema, inclusive lanterninha. O público poderá assistir produções nacionais, que já encantaram o público de centros maiores, em um ambiente climatizado, iluminação própria de cinema, rampa de acesso e acomodações para cadeirantes. São esperados em 22 dias de projeto cerca de 2.100 espectadores.

O objetivo do Circuito SCGÁS é incentivar o acesso democrático à cultura e entretenimento. Entre 2010 a 2013, o projeto – este ano em sua quinta edição – já realizou 582 sessões com mais de 15 mil espectadores em 55 visitas a cidades catarinenses. “Somos uma empresa com uma missão social clara, entregamos um energético que leva qualidade de vida as pessoas e competitividade ao mercado. O investimento em ações que democratizem o acesso a cultura complementa esse nosso objetivo que é bem atender a sociedade catarinense”, diz Cósme Polêse, presidente da SCGÁS.

Os filmes escolhidos este ano são Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6), Cocoricó Conta Clássicos, Eu e Meu Guarda-Chuva e Rio, O Filme.

O Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades faz parte do Projeto Gira Brasil e é executado com recursos aprovados pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, patrocinado pela SCGÁS e realizado pelo Ministério da Cultura e Magma Cultura.

 

Roteiro do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades na Serra Catarinense:

Bocaina do Sul – 16 a 18 de junho

Cerro Negro – 20 e 21 de junho

Capão Alto – 23 a 25 de junho

São José do Cerrito – 26 a 28 de junho

Lages – 30 de junho a 02 de julho

Painel – 03 a 05 de julho

Urupema – 07 e 08 de julho

Urubici – 09 a 11 de julho

 

 

Serviço em Capão Alto:

Local: Parque Municipal de Eventos – Centro

Horário das sessões

Segunda-feira (23): 10h e 13h30

Terça-feira (24): 08h – 10h – 13h30 – 15h30 e 19 horas

Quarta-feira (25): 08h – 10h – 13h30 e 15h30

 

Sinopse dos filmes:

Classificação Indicativa: livre (público infanto-juvenil)

 

Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6)

Duração: aproximadamente 70 minutos

Quando o cheirinho do Cascão passa dos limites e a turminha decide dar-lhe um bom banho, ele resolve se esconder no cinema. No escurinho, o Cascão usa um truque com sombras para enganar o Franjinha e fingir que é o Cebolinha. Também consegue enganar a Mônica e a Magali enquanto assistem a vários filminhos. Com seu disfarce, o sujinho está quase convencendo as meninas a desistir desse banho forçado – até que o verdadeiro Cebolinha aparece! E agora? Entre historinhas que envolvem desde seu porquinho de estimação até uma fonte dos desejos, o Cascão precisa de toda a sua esperteza para continuar escondido e escapar do banho!

 

Cocoricó Conta Clássicos

Duração: aproximadamente 1h20

Júlio, Lilica, Caco, Zazá, Mimosa, Alípio e outros formam a turma do Cocoricó, grupo de personagens do programa infantil da TV Cultura.

Juntos, eles interpretam contos famosos da literatura internacional, como Rapunzel, A Bela e a Fera, O Corcunda de Notre Dame e A Cigarra e a Formiga, adaptando-os à realidade brasileira.

 

Rio, o filme

Duração: aproximadamente 1h40

Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda, com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles precisam unir forças para escapar do cativeiro.

 

Eu e Meu Guarda-Chuva

Duração: aproximadamente 83 minutos

Em sua última noite de férias, Eugênio, um menino de 11 anos, e seu melhor amigo, Cebola, envolvem-se em aventuras inimagináveis para resgatar Frida, sua paixão e colega de escola, que foi sequestrada pelo fantasma do temível Barão Von Staffen.

Nesta odisseia, Eugênio contará com a ajuda de um guarda-chuva herdado de seu saudoso avô, que lhe dará a coragem necessária para seguir em frente. O duelo final entre o Barão e Eugênio decidirá o destino de Frida e de todos eles.

A emoção da telona, rara para os moradores das pequenas cidades, chega este mês a oito municípios da serra catarinense. A quinta edição do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades programou 70 sessões a bordo do Cinemóvel – um caminhão cinema especialmente preparado para receber o público. A jornada, que iniciou nesta segunda (16) em Bocaina do Sul, onde o caminhão fica até quarta-feira (18), segue para Cerro Negro, que terá sessões nesta sexta (20) e sábado (21) – serviço abaixo. De segunda (23) a quarta (25), o Cinemóvel estará em Capão Alto, seguindo posteriormente para São José do Cerrito, Lages, Painel, Urupema e Urubici.

O projeto emociona e movimenta o público. Na serra, a intenção é esquentar os dias frios do inverno que se aproxima com muita diversão. Equipado com 30 poltronas e um telão de 120 polegadas, o Cinemóvel oferece todo clima de cinema, inclusive lanterninha. O público poderá assistir produções nacionais, que já encantaram o público de centros maiores, em um ambiente climatizado, iluminação própria de cinema, rampa de acesso e acomodações para cadeirantes. São esperados em 22 dias de projeto cerca de 2.100 espectadores.

O objetivo do Circuito SCGÁS é incentivar o acesso democrático à cultura e entretenimento. Entre 2010 a 2013, o projeto – este ano em sua quinta edição – já realizou 582 sessões com mais de 15 mil espectadores em 55 visitas a cidades catarinenses. “Somos uma empresa com uma missão social clara, entregamos um energético que leva qualidade de vida as pessoas e competitividade ao mercado. O investimento em ações que democratizem o acesso a cultura complementa esse nosso objetivo que é bem atender a sociedade catarinense”, diz Cósme Polêse, presidente da SCGÁS.

Os filmes escolhidos este ano são Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6), Cocoricó Conta Clássicos, Eu e Meu Guarda-Chuva e Rio, O Filme.

O Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades faz parte do Projeto Gira Brasil e é executado com recursos aprovados pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, patrocinado pela SCGÁS e realizado pelo Ministério da Cultura e Magma Cultura.

 

Roteiro do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades na Serra Catarinense:

Bocaina do Sul – 16 a 18 de junho

Cerro Negro – 20 e 21 de junho

Capão Alto – 23 a 25 de junho

São José do Cerrito – 26 a 28 de junho

Lages – 30 de junho a 02 de julho

Painel – 03 a 05 de julho

Urupema – 07 e 08 de julho

Urubici – 09 a 11 de julho

 

 

Serviço em Cerro Negro:

Local: Em frente à Praça Célia Gobetti – Centro

Horário das sessões:

Sexta-feira (20): 10h – 13h30 e 15h30

Sábado (21): 10h e 14 horas

 

Sinopse dos filmes:

 

Classificação Indicativa: livre (público infanto-juvenil)

 

Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6)

Duração: aproximadamente 70 minutos

Quando o cheirinho do Cascão passa dos limites e a turminha decide dar-lhe um bom banho, ele resolve se esconder no cinema. No escurinho, o Cascão usa um truque com sombras para enganar o Franjinha e fingir que é o Cebolinha. Também consegue enganar a Mônica e a Magali enquanto assistem a vários filminhos. Com seu disfarce, o sujinho está quase convencendo as meninas a desistir desse banho forçado – até que o verdadeiro Cebolinha aparece! E agora? Entre historinhas que envolvem desde seu porquinho de estimação até uma fonte dos desejos, o Cascão precisa de toda a sua esperteza para continuar escondido e escapar do banho!

 

Cocoricó Conta Clássicos

Duração: aproximadamente 1h20

Júlio, Lilica, Caco, Zazá, Mimosa, Alípio e outros formam a turma do Cocoricó, grupo de personagens do programa infantil da TV Cultura.

Juntos, eles interpretam contos famosos da literatura internacional, como Rapunzel, A Bela e a Fera, O Corcunda de Notre Dame e A Cigarra e a Formiga, adaptando-os à realidade brasileira.

 

Rio, o filme

Duração: aproximadamente 1h40

Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda, com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles precisam unir forças para escapar do cativeiro.

 

Eu e Meu Guarda-Chuva

Duração: aproximadamente 83 minutos

Em sua última noite de férias, Eugênio, um menino de 11 anos, e seu melhor amigo, Cebola, envolvem-se em aventuras inimagináveis para resgatar Frida, sua paixão e colega de escola, que foi sequestrada pelo fantasma do temível Barão Von Staffen.

Nesta odisseia, Eugênio contará com a ajuda de um guarda-chuva herdado de seu saudoso avô, que lhe dará a coragem necessária para seguir em frente. O duelo final entre o Barão e Eugênio decidirá o destino de Frida e de todos eles.

A emoção da telona, rara para os moradores das pequenas cidades, chega este mês a oito municípios da serra catarinense. A quinta edição do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades programou 70 sessões a bordo do Cinemóvel – um caminhão cinema especialmente preparado para receber o público. A jornada inicia nesta segunda (16) em Bocaina do Sul (serviço abaixo), onde o caminhão fica até quarta-feira (18) e segue para Cerro Negro, Capão Alto, São José do Cerrito, Lages, Painel, Urupema e Urubici.

O projeto emociona e movimenta o público. Na serra, a intenção é esquentar os dias frios do inverno que se aproxima com muita diversão. Equipado com 30 poltronas e um telão de 120 polegadas, o Cinemóvel oferece todo clima de cinema, inclusive lanterninha. O público poderá assistir produções nacionais, que já encantaram o público de centros maiores, em um ambiente climatizado, iluminação própria de cinema, rampa de acesso e acomodações para cadeirantes. São esperados em 22 dias de projeto cerca de 2.100 espectadores.

O objetivo do Circuito SCGÁS é incentivar o acesso democrático à cultura e entretenimento. Entre 2010 a 2013, o projeto – este ano em sua quinta edição – já realizou 582 sessões com mais de 15 mil espectadores em 55 visitas a cidades catarinenses. “Somos uma empresa com uma missão social clara, entregamos um energético que leva qualidade de vida as pessoas e competitividade ao mercado. O investimento em ações que democratizem o acesso a cultura complementa esse nosso objetivo que é bem atender a sociedade catarinense”, diz Cósme Polêse, presidente da SCGÁS.

Os filmes escolhidos este ano são Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6), Cocoricó Conta Clássicos, Eu e Meu Guarda-Chuva e Rio, O Filme.

O Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades faz parte do Projeto Gira Brasil e é executado com recursos aprovados pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, patrocinado pela SCGÁS e realizado pelo Ministério da Cultura e Magma Cultura.

 

Roteiro do Circuito SCGÁS de Cinema nas Comunidades na Serra Catarinense:

Bocaina do Sul – 16 a 18 de junho

Cerro Negro – 20 e 21 de junho

Capão Alto – 23 a 25 de junho

São José do Cerrito – 26 a 28 de junho

Lages – 30 de junho a 02 de julho

Painel – 03 a 05 de julho

Urupema – 07 e 08 de julho

Urubici – 09 a 11 de julho

 

Serviço em Bocaina do Sul:

Local: Parque de Exposições Isaac Miranda – Centro

Horário das sessões:

Segunda-feira (16): 10h – 13h30 – 15h30 e 19 horas

Terça-feira (17): 8h – 10h e 13h30

Quarta-feira (18)8h – 10h – 13h30 3 15h30

 

Sinopse dos filmes:

 

Classificação Indicativa: livre (público infanto-juvenil)

 

Turma da Mônica – A hora do Banho (Cine Gibi 6)

Duração: aproximadamente 70 minutos

Quando o cheirinho do Cascão passa dos limites e a turminha decide dar-lhe um bom banho, ele resolve se esconder no cinema. No escurinho, o Cascão usa um truque com sombras para enganar o Franjinha e fingir que é o Cebolinha. Também consegue enganar a Mônica e a Magali enquanto assistem a vários filminhos. Com seu disfarce, o sujinho está quase convencendo as meninas a desistir desse banho forçado – até que o verdadeiro Cebolinha aparece! E agora? Entre historinhas que envolvem desde seu porquinho de estimação até uma fonte dos desejos, o Cascão precisa de toda a sua esperteza para continuar escondido e escapar do banho!

 

Cocoricó Conta Clássicos

Duração: aproximadamente 1h20

Júlio, Lilica, Caco, Zazá, Mimosa, Alípio e outros formam a turma do Cocoricó, grupo de personagens do programa infantil da TV Cultura.

Juntos, eles interpretam contos famosos da literatura internacional, como Rapunzel, A Bela e a Fera, O Corcunda de Notre Dame e A Cigarra e a Formiga, adaptando-os à realidade brasileira.

 

Rio, o filme

Duração: aproximadamente 1h40

Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda, com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles precisam unir forças para escapar do cativeiro.

 

Eu e Meu Guarda-Chuva

Duração: aproximadamente 83 minutos

Em sua última noite de férias, Eugênio, um menino de 11 anos, e seu melhor amigo, Cebola, envolvem-se em aventuras inimagináveis para resgatar Frida, sua paixão e colega de escola, que foi sequestrada pelo fantasma do temível Barão Von Staffen.

Nesta odisseia, Eugênio contará com a ajuda de um guarda-chuva herdado de seu saudoso avô, que lhe dará a coragem necessária para seguir em frente. O duelo final entre o Barão e Eugênio decidirá o destino de Frida e de todos eles.