Digamos que o tema dessa série de posts fosse outro. Futebol, por exemplo, e a nossa missão fosse, semanalmente, trazer os assuntos mais importantes do mundo da bola. Alguns jogadores, times e temas iriam se repetir mais frequentemente, dada a sua importância ou conforme outro critério previamente selecionado. O nosso tema não é esse, é comunicação. E como a gente foca em criatividade e inovação (perceba no título), alguns players e temas também se repetem.

Coincidentemente, o post dessa semana traz tópicos frequentes desde o começo da série. Primeiro, falaremos de ações criativas ligadas a Copa do Mundo (o que já foi tema no nosso décimo post), Heróis (que volta e meia é tema), Redes e Apps (uma seção fixa) e Amazon (que já foi principal tópico). Mas, também tem muita coisa que é novidade, por exemplo, games – que, ao que tudo indica, logo, também será um tema clássico.

Tempo Estimado de Leitura: 9min30segs

Canarinho-Copa-do-Mundo-recepcionando-jogadores
Seria o “Canarinho Pistola” o melhor mascote da Copa do Mundo?
  1. Copa do Mundo: Faltam 36 dias para a Copa do Mundo. E nesse período antes, no período durante e no período depois, vamos ver muitas ações referentes a ela. Pra começar o post, duas criativas: A Gol vai contratar um espião para monitorar possíveis adversários do Brasil. Sério. Inclusive, a vaga foi anunciada no LinkedIn – o que mostra que é possível ser criativo por lá. Já o Outback trouxe de volta a promoção da caneca, só que agora com três cores: azul, amarelo e verde.

++ Falando de futebol, mas sem ser Copa, a Heineken vai transmitir a final da Champions ao som da Orquestra Filarmônica. Um grand finale de fato.

++ Falando de bebida, mas sem ser alcóolica, a Coca-Cola fez uma homenagem ao Big Mac, que completa 50 anos.

++ E falando de bebida e de grandes empresas, Nestlé fechou um acordo de 7 bilhões de dólares para vender produtos de café da Starbucks. Café tá dando mais dinheiro que o imaginado, pessoal!

 

  1. Heroes: Já falei bastante de Guerra Infinita na semana passada, então, vou deixar os Vingadores de lado nessa semana. Mas… Existem mais heróis. Deadpool 2, como sempre, está dando um banho de criatividade na divulgação. Seja pelo nada convencional herói Peter, seja pelo clipe com Céline Dion arrasando – mas tendo que ouvir que deveria cantar pior (afinal, é Deadpool 2, não Titanic). Você também deveria ficar de olho na animação Os Jovens Titãs em Ação – Nos Cinemas!, que tem como slogan: “O Filme de Super-Herói para acabar com os Filmes de Super-Herói”. Inclusive, os dois longas estão numa “rivalidade” bem criativa. Primeiro, Deadpool disse que Cable, o seu oponente no vindouro filme, é tão sinistro que poderia ser do Universo DC. O twitter dos Jovens Titãs respondeu lembrando que antes de ser da Marvel, o protagonista Ryan Reynolds foi da DC – é uma referência ao fracasso do filme Lanterna Verde, que foi estrelado pelo ator. O vilão do filme dos Titãs é o Exterminador, personagem do qual Deadpool foi totalmente copiado. Esse fato, claro, não deixou de ser explorado no mais recente trailer. E… O Ryan Reynolds respondeu no Twitter dizendo que não via semelhança entre os personagens Slade Wilson (Exterminador) e Wade Wilson (Deadpool).

++ O primeiro filme do Homem-Formiga foi o que chamam de um “sucesso moderado” – se pagou, deu lucro, mas não impressionou ninguém. O segundo está chegando e deve ter a sua bilheteria inflada pelos acontecimentos do longa da Equipe-Que-Vinga-Mas-Eu-Não-Direi-Qual-Pra-Não-Ser-Repetitivo.

++ Falando em filmes, o filme do Edir Macedo se tornou a maior bilheteria do cinema brasileiro. Superou Tropa de Elite 2 e Dona Flor e Seus Dois Maridos. Fica aqui a pergunta: Você conhece alguém que foi ao cinema pra ver esse longa?

 

  1. Redes e Apps:

 

Capa-GTA-V
Jogo da Rockstar acumula 90 milhões de unidades e lucro de 6 bilhões de dólares.
  1. Games: Falamos muito de conteúdo como um fator relevante para qualquer estratégia de comunicação. Aí a gente pensa em como explorar isso com posts, com integração em redes sociais, se ainda vale a pena investir em podcasts e que o vídeo é o futuro. Mas sabe o que tem dado dinheiro e é diferencial? Games. Pense no sucesso absurdo que foi o Pokemon GO. Pense nos joguinhos que você tem no seu celular. Pense em quantos conhecidos não têm TV a cabo, mas tem um console em casa. Outro exemplo: o GTA V foi lançado em 2013, ou seja, há cinco anos. Continua vendendo cópias até hoje – 15 milhões só no ano passado, por exemplo. Ele é o produto de entretenimento mais lucrativo de todos os tempos. Fez mais dinheiro do que Star Wars, Avatar…

 

++ Falando sobre os jogos, essa notícia é de outubro do ano passado, mas só pra dizer que: Fabricantes estão recorrendo à Inteligência Artificial para viciar jogadores.

 

++ Um pouco sobre o processo criativo da Nintendo – que sempre traz novidades: “As pessoas sempre nos perguntam se tomamos riscos de propósito. Mas, para nós, não tomamos riscos – nós só continuamos a tentar coisas novas. O pensamento que nos guia é: O que podemos fazer para surpreender os jogadores de forma positiva? Não é que estejamos conscientemente tentando inovar; só estamos procurando formas de fazer as pessoas felizes. O resultado é que bolamos coisas que outras pessoas não fizeram antes”, disse o gerente geral de desenvolvimento da Nintendo, Shinya Takahashi.

 

++ Só porque eu falei em Star Wars, uma lista da AdNews com as principais ações referentes ao May The Forth (4 de maio, dia do Star Wars). Aqui na All Press, também não deixamos passar em branco.

 

+++ O MET Gala virou notícia, tomou as redes… Mas que raios é esse baile?

 

+++ This is America – Childish Gambino. É o videoclipe mais importante do momento. Mais que uma música, um canto antirracista.

 

+++ Se você imagina o empreendedor de Startup como um jovem nos seus 20 e poucos pensando em criar o novo Facebook, está “redondinhamente” enganado. Os mais bem sucedidos fundadores começaram, em média, aos 45 anos de idade. Fica aqui a mensagem positiva de que nunca é tarde para sonhar!

Em algum lugar dos Estados Unidos, Mark Zuckerberg deve estar ouvindo de seus assessores: “Levanta essa moral, princeso, senão o número de usuários cai”. Logo abaixo, vai entender do que eu estou falando. Mas o fato é que a equipe de comunicação do Face enfrentou um final de semana muito complicado. Além de todo o rolo que o Zuck deve estar enfrentando, o Comunicação, Criatividade e Inovação dessa semana vai trazer notícias de cultura pop, os tradicionais updates das redes e Apps e outras coisas que você NÃO pode ficar sem saber!

Tempo estimado de leitura: 4min30s

1. DataFace: Textos do The Guardian e do New York Times que servem tanto para reforçar que o Facebook sabe muito sobre a gente quanto para mostrar que data já é essencial para estratégias de comunicação. Resumindo a ópera, a Cambridge Consultoria usou um app para descobrir detalhes dos perfis de 50 milhões de usuários do Facebook. Essa estratégia foi usada na campanha pró-Brexit e na eleição de Donald Trump. Não se trata de uma quebra de segurança no face, muito pelo contrário, tudo foi feito na “legalidade”. Você baixava o app, respondia a um quiz desses comuns da rede e, em troca, cedia informações sobre a sua conta e… A de seus amigos. Com dados de idade, curtidas, posts, localidade foi possível traçar perfis detalhados de possíveis eleitores de Trump e formular estratégias personalizadas para convencerem.

++ Se você acompanha os nossos posts, sabe que o Face está fazendo tudo para não parecer que influencia em eleições. Em específico, falei nesse post.

++ E, mais uma, do The Intercept: O facebook ocultou páginas onde promovia sua capacidade de influenciar eleições

2. Teams: É o software de mensagens da Microsoft que veio para substituir o Skype for Business. Por que a mudança? Por causa do Slack. Roubou clientes demais do Bill Gates. E não parecem estar muito preocupados não. Quando o Teams foi lançado, compraram uma página inteira do NYT pra dizer que estavam empolgados com o fato de terem concorrência.

3. Redes e Apps:

++ YouTube vai começar a publicar textos da Wikipedia junto a vídeos com teorias da conspiração.

++ Snapchat: Dá até pena falar deles de novo, mas… A empresa deu outra bola fora. Basicamente, havia uma campanha para promover o Snap chamada “Would You Rather” (Qual você prefere). A pergunta era se você preferia dar um soco em Chris Brown ou um tapa na cara da Rihanna. Se você não manja muito das fofocas, saiba que os dois eram namorados e Brown agrediu Rihanna. Isso chegou até a cantora, que reagiu negativamente e a campanha foi tirada do ar. Não antes das ações caírem quase 5%.

++ Fake News: MUITAS notícias falsas foram publicadas sobre a vereadora carioca Marielle Franco, executada na quarta-feira (14/03). O Aos Fatos desmentiu-as.

++ Lyft: A principal concorrente da Uber nos Estados Unidos, vai lançar um serviço de assinaturas. Por um valor fixo mensal, você tem direito a um determinado número de corridas que cheguem a um determinado preço.

++ Uber: Enquanto isso, uma parceria entre Embraer e a Uber promete carro voador (e sem piloto) para 2023

4. Jéssica do BBB: Se você acompanha o reality show ou só acompanha a Internet, deve ter ouvido incessantemente na última semana: “Levanta a cabeça princesa, senão a coroa cai”. A personal trainer de Florianópolis disse isso e até as marcas decidiram repetir.

5. Marcas: Só pra ficarmos por dentro de algumas ações de comunicação bem legais:

Habib’s vai dar, como brinde, copos do Chaves em forma de barril, Neymar na lata de Red Bull, Bauducco sugeriu lançar uma colomba com 200% de uva passa e Budweiser procura por voluntários para o emprego dos sonhos no Lollapalooza.

 

+++ Cleo Pires agora é cantora. Sim. E o Fifth Harmony – ex-grupo da Camila Cabello – vai dar uma pausa.

+++ Foi lançado o álbum da Copa do Mundo 2018! Só que as figurinhas estão beeem caras.

+++ As contribuições de Stephen Hawking para a cultura pop

Começou em agosto o Conexão Sustentável, projeto itinerante da Magma Cultura, que levará entretenimento e informação para conscientização ambiental a sete estados. O projeto, que prossegue até novembro, envolve dois caminhões adaptados: o PalcoMóvel e o CineMóvel, que são usados para apresentações teatrais, oficinais de reciclagem e exibição de filmes e documentários. As cidades de Juruti Santarém e Belém, no Pará, foram as primeiras a receber o projeto.

Para nós da All Press, responsáveis pela assessoria de imprensa e pela gestão da página do projeto no Facebook, essa tem sido uma experiência das mais gratificantes. Não só por todo o desafio que envolve o Conexão Sustentável, principalmente na questão de logística – até viagem de balsa a equipe já precisou fazer -, mas principalmente pelo tipo de conteúdo que é gerado pela equipe que acompanha o roteiro in loco e que é posteriormente divulgado no Facebook.

E o que tem de tão especial este conteúdo? Simples: tem gente. Muita gente. E se tem gente, tem emoção. E emoção, aquela positiva que gera envolvimento, identificação e afinidade e que muitas vezes é o que falta nas redes sociais. Fica muito mais fácil transmitir o que se deseja – no caso do projeto, a importância de pensarmos e praticarmos ações relacionadas à sustentabilidade -, e conquistar a atenção e o engajamento das pessoas quando se tem este “ouro puro” nas mãos, retratado especialmente nas fotos produzidas pelo produtor Gabriel Borghi.

blog

Por isso, estarmos envolvidos com um conteúdo tão especial como este do Conexão Sustentável nos faz ter reações como as do público que está participando das atividades do projeto: sorrimos, simplesmente isso. Abrimos um sorriso a cada nova foto ou vídeo que chega para publicarmos. E caprichamos ainda mais na edição inspirados também porque o projeto ainda ajuda a revelar um Brasil que muitos talvez desconheçam. Exemplo disso constatamos já na primeira etapa do PalcoMóvel instalado no Tribódromo da cidade de Juruti, local que mereceu até um vídeo especial com o pessoal do Circo Fool, um dos grupos do PalcoMóvel, apresentando a cultura das tribos.

Tribódromo de JurutiLuiz Yuner, integrante do Circo Fool, uma das atrações do #ConexãoSustentávelALCOA, apresenta o Tribódromo de Juruti (PA), onde o #PalcoMóvel está instalado. Ele também fala da cultura local das tribos Muirapinima e Munduruku.

Posted by Conexão Sustentável on Quarta, 12 de agosto de 2015

 

 

Confira o conteúdo do Conexão Sustentetável no Facebook: www.fb.com/conexaosustentavel

Veja mais fotos do Conexão Sustentável

Veja vídeos do Conexão Sustentável

 


Conheça os serviços da ALL PRESS.

Para saber mais sobre os serviços da ALL PRESS, entre em contato.

2014 está chegando ao fim!

E é normal, nesta época do ano, ver as principais redes sociais fazerem uma retrospectiva, conhecida também como “Year in Review” (algo como “Ano em Análise”). Nessas retrospectivas, é feita uma lista dos principais assuntos discutidos no mundo durante os últimos 12 meses. Lembrar tudo que passou nesse tempo não é uma tarefa fácil – parece pouco, mas não é! Tivemos a Copa do Mundo, Eleições para Presidente, “Ice Bucket Challenge” e por aí vai…

O Facebook, por exemplo, é uma empresa que há anos faz isso. Geralmente no mês de dezembro eles postam um vídeo com todos os principais assuntos do ano:

O Twitter também não ficou de fora. Eles divulgaram na retrospectiva 2014 os assuntos mais comentados e os maiores influenciadores do ano. Divididos por “ Momentos” e “Perpectivas”, a plataforma relembra momentos como o Oscar e até mesmo campanhas sociais como “BringBackOurGirls:

https://2014.twitter.com/

Já o Youtube divulgou um mashup anual de memes e destaques de 2014 com uma trilha especialmente mixada pelo DJ Earwarm, o mesmo responsável pelo “Unites State os Pop”. O video também conta com a participação de apresentadores como: Jimmy Kimmel, John Oliver, Conan O’Brien e Stephen Colbert. A única crítica é a ausência de artistas brasileiros:

Muita coisa não é mesmo? Agora é esperar por 2015 – e que venha recheado de acontecimentos positivos, é claro!

Sobre a autora:

Sarah de Liz (sarah@santosocial.com.br) é Jornalista e Gerente de Projetos da “Santo Social”, empresa de Sarah - Blogcomunicação digital com sede em Florianópolis, Porto Alegre e Londres – www.santosocial.com.br

Com a expansão das redes sociais e a comunicação sendo feita basicamente por e-mail e mensagens no celular, é fundamental pensarmos com cuidado em nossa imagem virtual. Como estamos nos apresentando para o mundo na internet?

Sabemos que clientes, possíveis parceiros, empresas e colegas pesquisam sobre nós e alguns nos tem como contato por estas vias, então é preciso tomar alguns cuidados para nos preservarmos e mostrarmos uma imagem positiva:

  1. E-mails e mensagens são documentos escritos, que podem ser interpretados de diversas formas. Por isso, seja bastante direto e prefira discutir questões delicadas por telefone ou pessoalmente;
  2. Não escreva mensagens ou e-mails por impulso: uma vez enviadas, não é possível voltar atrás;
  3. Português correto e linguagem clara são fundamentais, mesmo em e-mails e mensagens rápidas;
  4. Seu perfil do Facebook é público, especialmente sua foto do profile. Opte por uma imagem adequada e neutra ou prefira um ar profissional;
  5. Se precisar compartilhar, proteja suas fotos de momentos descontraídos e deixe-as visíveis somente para família ou amigos mais próximos para evitar se expor;
  6. Evite expor também opiniões muito polêmicas e não faça xingamentos em seus profiles públicos, ou pode acabar perdendo clientes ou causando desconforto a pessoas de opiniões contrárias;
  7. Linked In e Xing são exemplos de plataformas profissionais, ou seja, deixe suas mensagens pessoais e fotos de momentos descontraídos para o Facebook, preferencialmente visíveis somente para quem você deseja que as veja;
  8. Nestas plataformas, o ideal é uma foto de perfil institucional e bem profissional;
  9. Atualize seu currículo online esporadicamente para que as pessoas tenham acesso à sua trajetória profissional (Linked In, Lattes, etc.);
  10. Seu site é seu cartão de visitas virtual e deve estar coerente com seus valores e qualidades. Mantenha-o em dia, moderno e funcional;
  11. Compartilhe seu sucesso, mas de forma natural e humilde, reconhecendo quem colaborou e dando os devidos créditos. Não se anule, mas também cuide para não parecer cheio de si.

 

Abraços e até a próxima,

Roberta Carlucci

 

Sobre a autora:

Roberta Carlucci

Atuando há mais de 6 anos como Personal Stylist e diplomada em Consultoria de Imagem pelas mais renomadas instituições de ensino, dentro e fora do Brasil, como o Istituto Marangoni, em Londres, Ilana Berenholc, em São Paulo, Fashion Institute of Technology e Carol Davidson, em Nova Iorque, Roberta Carlucci (roberta@robertacarlucci.com.br) é uma das mais reconhecidas profissionais da área no sul do país e atende clientes e empresas em todo o Brasil.

Site: http://www.robertacarlucci.com.br